EMOCIONANTE! Rapaz cria projeto incrível de pesca para crianças órfãs

Plantando memórias inesquecíveis!

EMOCIONANTE! Rapaz cria projeto incrível de pesca para crianças órfãs
EMOCIONANTE! Rapaz cria projeto incrível de pesca para crianças órfãs

Uma das partes mais importantes e marcantes na vida do ser humano são as memórias afetivas da infância. Quem não lembra daquele passeio mágico com seus pais no shopping ou no parque? Ou como aqueles dias parecem ser mil vezes mais felizes que hoje. 

Essas memórias desempenham um papel importante na formação da personalidade da criança e a presença delas pode evitar depressão e traumas emocionais. Mas e quando a criança não tem seus pais? 

Foi exatamente pensando nisso que o Grande Will, ou William Dunn, criou o seu projeto chamado “Leve uma criança para pescar”.

Te interessa?

Uma das memórias mais marcantes dele eram as suas pescarias com seu pai. Ele o tornou num aficionado por pescar. Sempre que pega a vara e lança o anzol, ele lembra do pai. 

Para Will,  sempre foi um meio de relaxar. De se descarregar de todo o estresse causado pelo dia a dia. “Eu sabia como era especial quando meu pai me levou”, disse ele. “Estar na água é como estar em outro mundo. Não consigo explicar. ”, acrescenta. 

Certo dia ele conheceu um menino chamado Cameron. A criança vivia estressada, chateada com tudo e todos. Então o Will pediu permissão a sua mãe para levar o garoto para pescar. A princípio ele não entendia o motivo da chateação do garoto, mas logo ficou claro.

Eu vi um menino que estava frustrado e mostrou raiva. [Eu] não sabia por que até descobrir que seu pai não estava em sua vida ”, lembra.

Onde tudo começou

Mas as sessões de pescaria foram transformadoras para o garoto. O menino ranhento se transformou em um jovem doce. Não apenas isso, ele começou a se dar bem em muitos outros aspectos de sua vida. 

Ele começou a se sair melhor na escola, mostrando mais respeito pela mãe e se tornando mais um homem da casa porque seu pai ainda não estava em sua vida”, disse Dunn.

Foi com o pequeno Cameron que nasceu o projeto. Ele foi a faísca que colocou fogo no coração do Will e despertou sua grande vocação. “A vocação da minha vida é ajudar outras crianças que não têm pai”, destaca ele.

O que começou com um garoto logo passou para 20 a 30 crianças. Ele buscava as crianças em abrigos e as levava para pescarias.  Lá, além de relaxar com a paisagem e a brisa do mar, ensina lições de vida para as crianças, como se fosse seu pai. 

Nós os tiramos, mostramos um dia bom e passamos um tempo com eles e tudo mais. Só para sair do barco, você vê a diferença neles.”, ressalta Dunn.

Esse grande homem passou a suprir a necessidade que toda criança tem de momentos especiais, de memórias afetivas. Essas crianças ganharam um pai que lhes será referência para toda a vida.

Fonte: Faithpot

Veja mais ›
Fechar