Mãe de bebê prematuro abraça-o pela primeira vez

Um sentimento indescritível!

Vídeo de mãe abraçando bebê prematuro pela 1ª vez transmite a emoção do momento
Vídeo de mãe abraçando bebê prematuro pela 1ª vez transmite a emoção do momento
publicidade

Chegamos a conhecer a história de uma mulher muito guerreira, que usou as redes sociais para contar um pouco de sua história com a prematuridade ao lado do seu adorável marido.

Kasey Brooks é a mãe do anjinho Bodhi James e do pequeno Teddy Glenn. No ano passado, no mês da conscientização sobre a prematuridade, ela resolveu fazer uma homenagem ao seu pequeno.

Nas publicações que fez ainda em novembro do ano passado, Kasey contou que quando o seu pequeno Bodhi nasceu, em 2020, ele estava apenas com 25 semanas de gestação.

publicidade

Te interessa?

Os momentos que passou acompanhada do seu marido ao lado do seu filhinho no hospital foi mesmo uma batalha que jamais poderia esquecer.

Passando por uma luta onde reconhecemos que só uma mãe de prematuro pode descrever quais são as sensações que ela sente durante esses dias, o vídeo que compartilhou vem correndo o mundo.

Ele consegue transmitir para nós um pouco da emoção que o toque e o abraço pode ter. Foram três enfermeiras para conseguir fazer com que a Kasey pudesse pegar seu menino.

Compartilhando esse momento do mês da conscientização sobre a prematuridade, jamais poderíamos descrever completamente o que ela nos fez sentir. Assista-o a seguir!

publicidade

Na legenda, ela detalhou: “Bodhi nasceu com 25 semanas de gestação e pesava apenas 374 gramas, não conseguimos ter nosso primeiro abraço até que ele tinha 6 dias de idade e foram necessárias três enfermeiras para que isso acontecesse. É difícil transmitir as emoções às pessoas, mas acho que ver vídeos realmente ajuda você a entender. Passamos muitas horas para contar nesta posição exata.”

publicidade

Uma emoção que não conseguimos explicar

Esse vídeo é mesmo uma das coisas mais bonitas de se ver. Duas vidas em um contato de amor é a coisa mais sublime que há na terra.

Mesmo sabendo que essa mamãe é uma guerreira, expressar a gratidão que sentimos ao vê-la querer trazer mais força para outras mamães de prematuros é mesmo muito pouco para o que ela realmente merece.

 

publicidade

A história da Kasey fez com que ela fosse acolhida por muita gente que sabe o que ela esteve passando. Perder um filhinho é uma coisa que mãe jamais poderia sentir.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

E de uma coisa temos certeza, essa mulher é mesmo uma mãe incrível e inspiradora.

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar