Voluntários se mobilizam para salvar cadela presa na montanha mais alta da Inglaterra
Voluntários se mobilizam para salvar cadela presa na montanha mais alta da Inglaterra

Voluntários se mobilizam para salvar cadela presa na montanha mais alta da Inglaterra

Uma verdadeira história cheia de fofura!

publicidade

No final do mês passado, uma cena bem inusitada acabou acontecendo na montanha mais alta da Inglaterra,  no cume do Scafell Pike. O que era para ser um passeio repleto de aventura e de animação, acabou deixando os donos de um cão São Bernardo bem preocupados.

Esses cãezinhos em específico dessa raça, são conhecidos por serem sempre bem grandes e possuírem uma enorme vontade de ajudar aos seus donos. Ao longo dos anos, essa raça passou a ser um verdadeiro companheiro de aventura de muita gente.

Mas o que a raça São Bernardo tem específico, é a sua vivacidade em querer ajudar. Porém, a Daisy dessa vez, precisou trocar esta posição quando chegou no cume do pico mais alto da Inglaterra e acabou ficando exausta.

publicidade

Estando muito cansada, as pessoas que levaram sua companheira em mais uma de suas aventuras, precisaram ligar para a equipe de resgate da Wasdale Mountain, porque não conseguiam descer com ela sozinhos.

Em plena disposição ao chamado, uma equipe chegou a contar com 16 voluntários para poder fazer o resgate da Daisy. Durante a espera, seus donos a mantiveram quentinha e hidratada, lhe dando bastante atenção para ficar bem.

Ao se encontrarem com ela, a equipe chegou a perceber o quanto ela estava cansada e se mostrava sentir muitas dores em suas patinhas traseiras. E em causa disso, evitava se mexer para caminhar.

Por causa do clima, todos os voluntários e os seus donos, fizeram uma verdadeira ação para que conseguissem resgatar a cachorrinha são e salva. Pensando em todas as prevenções com os cuidados básicos e principalmente evitar estresse adicional, cuidaram de tudo!

publicidade

Em uma publicação feita pelo perfil oficial da Wasdale Mountain no Facebook, contaram ainda que:

“Depois de um pouco de persuasão e um pouco de organização na maca para se tornarem amigos do cão e, claro, muitos mais mimos, a Daisy de 55 kg rapidamente se sentou com o queixo descansando na guarda-cabeça, tendo percebido que estávamos tentando ajudá-la”.

Assim que conseguiu descer da montanha e concluir o seu resgate, a equipe chegou a constatar que ela iria melhorar e que tudo estaria se saindo muito bem. A única coisa que chegaram anotar, era que a Daisy se sentia um pouco para baixo.

Mas chegaram a informar ainda, que isso não se passava de um leve sentimento de culpa que estava a deixando mais quieta, só porque a adorada cadela acabou dando um pouco de trabalho a mais aos donos e a todos que ali estiveram. Um verdadeiro amor! 

publicidade

Parabenizando por seu comportamento, a equipe chegou ainda, a engrandecer o ótimo desempenho da Daisy com tantos estranhos que a cercavam e recomendaram apenas uma boa noite de sono para que tudo pudesse voltar ao normal.