Agricultora mirim inspira e alimenta comunidade inteira!

Kendall, de seis anos, é a mais jovem agricultora negra dos Estados Unidos e utiliza seu talento para conscientizar e alimentar pessoas carentes.

Agricultora mirim inspira e alimenta comunidade inteira!
Agricultora mirim inspira e alimenta comunidade inteira!

Algumas pessoas nascem com um chamado especial, desde cedo expressam uma força interior que as move, através de ideias e ações, a ajudar e aliviar o sofrimento do próximo. Esse é o caso de Kendall Johnson, de seis anos de idade, moradora da Geórgia, Estados Unidos.

Desde cedo ela sempre demonstrou um grande interesse pela jardinagem, chegando a passar horas brincando no pomar, seu local favorito da casa e onde cresceu aprendendo algumas técnicas de jardinagem com sua bisavó.

“Tudo começou com um pomar no pátio de nossa casa. Aos poucos ele foi crescendo ao ponto que no aniversário de quatro anos dela tínhamos um imenso pomar em nosso pátio”, contou sua mãe.

Te interessa?

Na medida que ela amadurecia, aumentava seu encanto pelo processo de geminação das sementes que viriam a se tornar em alimentos. A paixão dela logo ficou conhecida pelos coleguinhas, que passaram a frequentar a casa dela para brincar e “comprar” em seu hortifrúti.

Quando a família se mudou para um local maior, então foi possível transformar o pequeno pomar num gigantesco. Então os pais dela tiveram a ideia de buscar uma certificação e transforma-la na mais jovem fazendeira negra dos Estados Unidos.

Com o certificado em mãos, ela criou seu próprio negócio, que se chama Agrowkulture. Tendo o empreendimento formalizado, passou a ser possível submeter seus projetos a bolsas e adquirir bens como outras terras para expansão do negócio.

A história dessa brilhante menina vai além do relato de uma empreendedora mirim de sucesso, mas é a trajetória de uma pequena altruísta que utiliza seus talentos para ajudar a comunidade onde vive.

“Minha missão é fazer novos amigos, criar coisas inovadoras e inspirar outras crianças” diz Kendall.

Imagem: Facebook

Além de uma empreendedora.

A Agrowkulture surgiu com o propósito de desenvolver diversos projetos sociais associados a plantação. Dentre eles há o projeto Bloom, que funciona através de cadastro, onde mensalmente diversas famílias são convidadas a ajudar a mini fazendeira com as suas atividades produtivas e assim aprender a realidade do plantio.

Em um outro projeto desenvolvido pela menina, ela recebe doações em dinheiro e usa o dinheiro para construir pequenos pomares comunitários para famílias carentes da vizinhança.

O propósito principal do projeto está em criar um espaço seguro onde as crianças possam ir, brincar, se relacionar com a natureza e aprender a cultivar seus próprios alimentos.

“Um programa para ajudar todos os alunos, pequenos ou grandes, a cultivar seus próprios alimentos. Nosso programa orienta você e seus alunos a cultivar uma variedade de: vegetais, ervas, flores e até árvores”. É como se descreve o Agrowculture em seu site.

A mocinha está constantemente recebendo blogs, sites, podcasts e convites para conferências, meios pelos quais ela discursa com muita naturalidade sobre a importância da relação entre a educação e a autonomia produtiva de alimentos orgânicos.

“Indo a reuniões e conferências percebemos que, em nove de dez eventos, não vemos crianças como Kendall” Diz a mãe da garotinha.

Realmente, o talento e a abnegação da pequena são sementes raras que esperamos que brote cada vez nessa belíssima horta que é a terra e traga mais saborosos frutos como a linda iniciativa dela e alimente diversas pessoas necessitadas.

Veja mais ›
Fechar