Ao ser cheirado por gato, cachorro reage de forma silenciosa e HILÁRIA

Ele não arrisca! Não faz nenhum barulho!

Ao ser cheirado por gato, cachorro reage de forma silenciosa e HILÁRIA
Ao ser cheirado por gato, cachorro reage de forma silenciosa e HILÁRIA

Quem tem um cachorro e um gato em casa sabe bem que essa relação até pode dar certo. Mas existem certos momentos que acabam sendo os mais hilários entre eles e só filmando para os outros acreditarem, não é?

Nada melhor do que este vídeo para ser um belo exemplo de como os felinos podem ser folgados até com quem não é da sua mesma espécie. E ainda nesse caso, até com hábitos que só eles possuem.

Quando o gato começa a cheira o cachorro, é possível ver que o dog simplesmente não gosta do que ele está a fazer em seu pelo, que é basicamente tocar, nem mesmo chega a lambê-lo, como é seu costume.

Te interessa?

Mas ao sentir as pequenas cheiradinhas do gato, o cachorro acaba tendo a melhor reação de todas! E ao mesmo tempo, a reação mais hilária que qualquer animal poderia ter diante dessa situação.

Ele faz todos os tipos de caretas que um doguinho faz quando está cheio de furor e quer morder alguém. Porém, ele não solta nenhum som e o gato continua a fazer o que estava fazendo, sem nem mesmo imaginar que ele está achando ruim.

E como não poderia ser diferente, os dois acabam sendo uma das coisas mais engraçadas que chegamos a ver hoje. Note acima de tudo, que o dog não solta nem mesmo um som.

Assista a seguir e veja mais uma cena de como esses dois podem conviver bem – até um certo ponto, não concordam?

Gatos e cachorros podem sim conviver bem!

Como sempre chegamos a falar sobre nossos textos de pets, sempre valorizamos bastante a forma como os donos de animais chegam a criá-los em casa. 

Não podemos negar que a raça de cada um pode ter tendências aos mais variados sentimentos como impaciência, raiva, alegria, brincadeiras, carinhos, etc. Porém, é tudo apenas uma questão a se analisar!

Pois quando criamos nossos bichinhos em um ambiente onde ele recebe além dos seus cuidados básicos como comida, água, local aberto e claro, muito carinho e muito amor, eles acabam sendo mais sociáveis do que se esperam.

Criar um gato e um cachorro juntos não são coisas de outro mundo, como há uma certa definição quase pré-histórica acerca disso. Tudo é questão costume, muito cuidado e uma convivência de forma saudável cada vez mais íntima.

E isso é sempre aos pouquinhos! Claro que, se você puder, fazer com que os dois sejam apresentados ainda quando são filhotes, será ainda melhor, pois se acostumaram ainda mais rápido e não haverá estranhamento.

Mas como ocorre em qualquer relacionamento até mesmo humano, repetimos, é tudo questão de paciência e costume. Serão as maiores alegrias da casa!

Veja mais ›
Fechar