Diagnosticado com câncer, homem ‘ganha’ gata que não se separa dele

Os gatos podem sentir mais do que você imagina!

Diagnosticado com câncer, homem 'ganha' gata que não se separa dele
Diagnosticado com câncer, homem 'ganha' gata que não se separa dele

Há quem diga que gatos são animais que não possuem a grande sensibilidade que os cachorros possuem. Mas ainda os donos dos gatos, que nunca ouviram uma mentira tão deslavada como esta, não é?

Que eles são mais rígidos com muitos detalhes, isso nos já sabemos. Porém, os nossos felinos também conseguem sentir quando estamos precisando de apoio em alguma situação.

Seja ela por um simples mal estar, algum tipo de tristeza ou doença, muitos deles conseguem sentir que há algo por ali que não está certo. E da forma deles, eles tentam se fazer mais ainda mais presente dessa pessoa.

Te interessa?

Nesse caso, um vídeo que chegou a ser feito com um compilado de fotos e vídeos por uma filha, mostram exatamente como uma gatinha é doce e fofa com o seu pai.

De acordo com ela – e como pode ser lido no próprio vídeo em que ela conta a história -, quando soube que o seu pai estava com câncer, se mudou para ficar mais perto dele e levou consigo a sua gata.

Ainda que não fossem muitos apegados, desde que ele começou a fazer o tratamento contra a doença, que a gata simplesmente resolveu passar cada segundinho do dia ao lado dele.

Quando chegamos a ler uma coisa dessas e vemos as imagens e os vídeos dos dois juntos, é impossível não se sentir tocado com a intensidade que os momentos dos dois juntos nos causa.

Assista a seguir o vídeo e prepare-se para ver uma das coisas mais linda hoje – não nos responsabilizamos pela vontade incontrolável de ter um felino depois de assisti-lo.

Os gatos são seres que melhoram a nossa vida

Ainda de acordo com a sua filha, esse período que o seu pai está a passar com tantas etapas de tratamento não está sendo nada fácil, porque tudo é muito doloroso.

Mesmo assim, a gata parece entender como um ser humano que de fato precisa prestar apoio ao seu novo parceiro. E ele, reconhece como tudo isso tem sido maravilhoso quando fala dela.

Sem ter passado muito tempo juntinho a gata, hoje ele não vê a hora de se sentir mais forte e saudável para aproveitar a sua família e claro, mais momentos deliciosos com a gata de sua filha.

E olhe que coisa mais linda uma internauta compartilhou: 

“Em dezembro de 2013 minha mãe recebeu diagnóstico de câncer de mama e durante todo o tratamento (2014) o Yuri, gato das vizinhas dela, que já curtia a minha mãe, se mudou para a nossa casa e ficava o tempo todo com ela. Deitava sobre seu peito, lambia sua cabeça (já careca pela quimioterapia). Em dezembro de 2015 Yuri nos deixou. Ele teve leucemia. Serei sempre grata pelo carinho que ele deu a minha mãe. Ela venceu o câncer e tenho certeza que o pequeno Yuri a ajudou nessa batalha.”

Veja mais ›
Fechar