Asilo faz festa surpresa para comemorar a cura do Covid de seus pacientes
Asilo faz festa surpresa para comemorar a cura do Covid de seus pacientes

Asilo faz festa surpresa para comemorar a cura do Covid de seus pacientes

Uma alegria compartilhada!

publicidade

Estamos falando de festam, e literalmente! Com uma notícia dessas, até mesmo que não pode participar desse momento de alegria, passa a comemorar estando cada um em sua casa, não é mesmo? No momento em que estamos passando, é bem mais justo para todos, participarmos de mais uma vitória.

Foram exatamente oito idosos e mais uma senhora que está em observação, que trouxe a verdadeira alegria no Lar Monsenhor Pedro Cintra, que fica lá em Borda da Mata, na região Sul do estado de Minas Gerais. 

Diagnosticados com o Covid-19, vírus causador do coronavírus,estavam todos separados em alas diferente dos demais, para que pudessem receber com segurança, todo o tratamento necessário para que fossem curados o quanto antes. E a notícia boa chegou!

publicidade

Thiago Palmeira de Sena, que o principal responsável pelo asilo, chegou a dizer que os pacientes estavam assintomáticos, ou seja, apresentavam alguns sintomas leves. Mas por precação, preferiu tomar as medidas necessárias.

Thiago, que também é secretário municipal de Assistência Social, disse ainda: “Há 20 dias, quando foram testados para a COVID-19 eles começaram o tratamento. Fizemos uma ala especial para cuidar deles”.

E foi pensando em transformar aquele momento em uma lembrança única para cada um dos idosos que batalharam no últimos dias contra a doença, que resolveram fazer uma surpresinha bem agitada e preparam uma festa para comemorar a cura de todos eles.

De acordo com o Thiago, todos chegaram a passar por momentos bem conturbados no asilo. Cerca de sete funcionários e mais 18 internos chegaram a atestar positivo para o coronavírus nos últimos meses, e infelizmente, seis deles acabaram não resistindo e chegaram a falecer.

publicidade

“Todos esses internos já passaram por tratamento e estão livres da doença. Os funcionários também não apresentaram sintomas. Eles fizeram o isolamento em casa e já retornaram ao trabalho. Ainda temos uma idosa, de 88 anos, em observação. Ela chegou a ser internada no Hospital Regional. Mas já voltou para o asilo e está sendo observada em ala separada”, falou mais sobre.

E foi pensando em trazer mais alegria para cada um deles, que prepararam uma festinha para comemorar. O vídeo em que mostra a receptividade dos pacientes, rapidamente se tornou um viral cheio de emoção na web. E com muita certeza, nos alegrou ainda mais.

Pois sabemos bem, que nesse momento delicado em que ainda estamos vivemos, o que precisamos é ter força e dedica nosso apoio aos momentos mais delicados.

Ainda devemos prezar pela quarentena!

Ainda que estejamos todos nós felizes por estamos encaminhando para o fim desse período de isolamento, devemo lembrar que ainda é preciso nos manter o máximo possível em quarentena. Isso tudo é para cuidarmos de todos!

publicidade

Estar ciente disso não só lhe protege, mas também protege aquelas pessoas que estão mais vulneráveis!

Fonte: Estado de Minas