Cansado de caminhar? Essa é a receita para conseguir avançar para a CORRIDA!

Aprenda como progredir da caminhada para corrida sem prejudicar sua saúde física!

Cansado de caminhar? Essa é a receita para conseguir avançar para a CORRIDA!
Cansado de caminhar? Essa é a receita para conseguir avançar para a CORRIDA!

Você que tem o hábito de correr, já sentiu a sua evolução, tanto em velocidade quando em distância percorrida? Se sim, ótimo; se não, como evoluir na caminhada para ter uma corrida com aumento de desempenho?

A evolução na caminha até a corrida deve ser realizada aos poucos, respeitando sempre os limites do corpo e evitando o descontrole da frequência cardíaca.

Quando um profissional de educação física fala sobre transição da caminhada para a corrida, temos que considerar em que nível se encontra o preparo físico da pessoa.

O profissional pode tratar tanto de uma pessoa que apenas caminha e deseja no futuro começar a correr, como também uma pessoa que corre, mas sem velocidade e resistência suficiente para concluir.

No entanto, ambos são iniciantes, embora uma pessoa se encontra em um patamar mais elevado que os outros.

caminhar-correr

Acelerando os passos na caminhada

Primeiramente, vamos nos concentrar nas pessoa que estão bem no começo, que estão caminhando regularmente mas têm dificuldades em começar a correr.

Além disso, é importante deixar claro que essas pessoas só estão no começo se desejam praticar a corrida, pois para a saúde elas já estão dando uma excelente contribuição ao praticar apenas a caminhada matinal.

Quando uma pessoa caminha, a atividade já não lhe impõe nenhum tipo de desafio ou dificuldade de execução.

Determine os seus avanços!

Isso pode até constituir em uma atividade física fácil, mas, quando a pessoa propõe a correr, não consegue fazê-lo por muito tempo.

Com isso, podemos concluir que para essa pessoa o ato de caminhar é um exercício fácil, já a corrida é um tanto difícil.

Isso de fato acontece com muitas pessoas, de certa forma essa fase faz parte do processo de treinamento e adaptação da caminhada para a corrida.

Com isso, podemos considerar que esse período como fase de transição entre caminhar e correr.

Talvez seja nesse período de transição, um momento crucial, para a pessoa tornar-se um futuro corredor ou até mesmo para encerrar a carreira que nem começou.

caminhar-correr

Como progredir da caminhada à corrida?

Quando uma pessoa caminha, ela se move a uma velocidade que varia entre cinco e seis quilômetros por hora, em média. Quando uma pessoa começa a correr a velocidade fica entre sete a oito quilômetros por hora pelo menos.

Nesse momento de transição entre caminhar e correr, algumas pessoas sentem maior dificuldades em manter correndo por um longo período de tempo.

Isso acontece por causa da elevação acentuada do batimento cardíaco, a ponto de a atividade se tornar anaeróbio, ao invés de aeróbio.

Para que isso não aconteça, é necessário que a pessoa evite aumentar a frequência cardíaca, simplesmente diminuindo o esforço assim que mostra-se mais intenso e se recuperando na execução de uma caminhada.

Assim, a pessoa pode desacelerar os batimentos cardíacos para, em seguida, voltar a exigir do organismo novamente.

O que fazer para progredir da caminhada para corrida?

Veja a seguir um passo a passo do que você pode fazer para progredir da caminhada até a corrida de forma segurança e sem forçar demais o corpo.

  1. Caminhe por 10 a 15 minutos;
  2. Corra por 3 a 6 minutos;
  3. Ande por 3 a 5 minutos;
  4. Volte a correr por 3 a 6 minutos;
  5. Ande por 3 a 5 minutos;
  6. Continue suavemente até concluir 30 a 45 minutos no total.

caminhar-correr

Para você que quer evoluir da caminhada até a corrida:

É importante seguir corretamente os procedimentos e acompanhar uma sessão com alongamentos suaves, antes de depois da atividade.

Uma vez que você crie o seu próprio padrão de esforço na atividade, você poderá treinar regularmente, no mínimo 3 vezes por semana, ajustando a cada 15 dias a sua intensidade. Com isso, aumentando da fase da corrida e manutenção ou diminuindo a fase de caminhada.

Assim, em breve você estará apenas correndo, passando a caminhar apenas quando necessitar executar um treinamento leve, pois a caminhada deixará de produzir grandes efeitos de treinamento para o condicionamento físico do seu corpo.

8 dicas para progredir da caminhada para corrida em um mês

É muito gratificante começar uma caminhada matinal e sentir que já pode correr sem cansar muito, não é mesmo? Mas quando isso acontece exatamente?

Como saber se você está progredindo, avançando nos seus treinos e caminhadas até chegar ao ponto de correr se exaustão? Essa e muitas outras dúvidas existem entre pessoas iniciantes. Pensando nisso, selecionamos 8 dicas para ajudar você a evoluir nessa atividade física tão benéfica para a saúde. Confira!

1 – Paciência e confiança no processo

Um programa, um treino de caminhada geralmente dura de oito semanas. É nesse período de tempo que o seu corpo vai se acostumar, se habituar ao exercício físico.

caminhar-correr

Essa caminhada é realizada em ritmo esportivo, ou seja, um pouco mais intenso. Por isso que você consegue falar com facilidade, começa a transpirar e atinge 50 a 60% da frequência cardíaca.

Mas para que tudo isso aconteça, você precisa ter paciência para que o seu corpo se acostume com o treino.

2 – Aumente o trote 

Por volta de três semanas, você pode intercalar a caminhada com o trote, assim, diminuindo gradativamente o período de caminhada e aumentando o de trote.

Vale lembrar que no trote as passadas são curtas, a respiração acelera, porém, ainda dá para conversar.

3 – Aumente gradativamente o período da corrida

É bom você começar a trabalhar ciclos mais longos de corrida. Comece com 10 minutos de corrida suave. Além disso, os passo são mais ritmados e a respiração vai ficando mais forte.

4 – Estabeleça limites

O mais importante é você ficar atento à sua percepção de esforço. Você deve correr esses 10 minutos de maneira segura e confortável, assim terminando bem para poder subir o próximo degrau.

caminhar-correr

5 – Aumento de tempo crescente

A ideia é ir aumentando de cinco em cinco minutos de corrida a cada semana, mas claro, sempre levando em conta que você deve se sentir e se recuperar bem.

6 – Respeite o tempo do processo

Se você fizer tudo direito, sem extrapolar nada, ao final de mais um mês, você estará correndo direto por 30 minutos.

7 – Não pare

Para que você continue progredindo e melhorando sua capacidade física na corrida, vá aumentando de cinco em cinco minutos por semana, até atingir 45 minutos correndo.

8 – Atente-se aos movimentos

Persista no treino, mesmo falhando, não pare, comece tudo de novo. A qualquer momento do treino, caso você não esteja correndo de maneira tranquila e correta, não avance. Pois é melhor você repetir alguns níveis o que desistir, ou pior, se machucar.

publicidade