Essas são as cantoras brasileiras que inspiram empoderamento através de suas músicas

Uma lista para inspirar todas as suas decisões e transformações!

Essas são as cantoras brasileiras que inspiram empoderamento através de suas músicas

A musicalidade brasileira é reconhecida em todos os cantos do mundo. Nossos artistas conseguem imprimir personalidade e muitos aspectos referentes a nossa cultura em cada canção.

 Nos últimos tempos, as mulheres tem tomado um lugar de destaque na cena musical, no que diz respeito ao empoderamento e é por isso que hoje vamos enaltecer esse trabalho! 

Cada artista desta lista canta suas lutas diárias, o que reflete no cotidiano das brasileiras. Elas cantam por direitos e fazem questão de lembrar o quanto as mulheres são potências capazes de encarar os requisitos impostos pela sociedade patriarcal

As letras das artistas citadas aqui abordam várias temáticas, mas todas elas são referentes ao amor próprio e a emancipação dos corpos femininos. O que vale é despertar o poder individual em cada mulher e retomar a consciência feminina coletiva

Conheça agora as cantoras brasileiras que inspiram empoderamento através de suas músicas: 

ELZA SOARES 

Elza Gomes da Conceição é uma das mais conhecidas cantoras brasileiras. Sua trajetória por si só inspira as mulheres a acreditar em dias melhores. Aos 21 anos, a cantora já era viúva e mãe de 5 filhos, tendo perdido um para a fome. 

Além disso, Elza foi vítima de violência doméstica e teve uma filha sequestrada. Durante a ditadura, teve a casa em que morava metralhada e nenhuma das dificuldades a impediu de seguir em busca de seus sonhos. 

Em 1999, a Rádio BBC de Londres elegeu Elza como a voz brasileira do milênio! Hoje, a cantora usa seu timbre inconfundível como uma forma de externalizar as urgências das minorias. 

Música para colocar na playlist: Maria da Vila Matilde. Essa canção faz parte do álbum “Mulher do Fim do Mundo” e em sua letra há uma forte crítica a violência doméstica

IZA 

Iza é uma das maiores revelações da música brasileira nos últimos anos! Sua chegada ao cenário musical trouxe luz e inspiração para muitas mulheres. Além das canções que incentivam o amor próprio, a cantora chama atenção pelo visual sempre marcante e com um toque requintado. 

Vários hits caíram no gosto do povo e levaram essa artista a concorrer na 19ª edição do Grammy Latino, com o álbum “Dona de Mim”. A artista não venceu em sua categoria, mas isso não diminuiu em nada seu talento e reconhecimento. 

Música para colocar na playlist: Dona de mim. Nessa canção a artista inspira outras mulheres a lutarem por seus objetivos e serem as protagonistas de suas próprias histórias. Outra música que fala sobre empoderamento é “Só preciso ser” gravada em parceria com a Sandy. 

RITA LEE 

rita

A rockeira mais querida do Brasil se destaca por suas letras autênticas e cheias de verdades difíceis de serem engolidas pelo patriarcado.

Apesar de nunca ter levantado a bandeira feminista, nos meados dos anos 70 essa artista teve seu papel reconhecido em uma cena dominada majoritariamente por homens. 

Suas letras falam sobre empoderamento e sexo de forma aberta e original. Quando teve “Mania de Você” nas paradas de sucesso durante várias semanas, a artista consagrou seu espaço na música e inspirou muitas mulheres a serem donas da sua própria sexualidade. 

Rita está em um dos altares da música brasileira, sendo a mulher que mais vendeu discos em toda a história do rock brasileiro. 

Música para colocar na playlist: além de “Mania de Você”, citada anteriormente, vale ouvir bem alto “Pagu”. Esse hino já foi regravado por outras artistas e falar sobre a essência da mulher brasileira que encara suas lutas diárias com muita garra e determinação. 

KAROL CONKA 

A carreira de Karol já começou esmagando o preconceito! Essa artista se destaca pelo ritmo e pela musicalidade impressa em suas canções. Além de inspirar poder feminino, Karol fala sobre o racismo e sobre a luta do povo preto para alcançarem espaços antes não ocupados. 

Com o reconhecimento através da música, a artista passou a ser convidada por diversos canais de Tv e Internet para falar sobre feminismo, empoderamento, autoestima e confiança. 

Além de letras icônicas, Karol aposta em um visual único, cheio de cores e com um toque moderno, antenado com as tendências. 

Música para colocar na playlist: Não tem como indicar apenas uma música pois em todas a cantora expressa questões de poder feminino. A dica é ouvir o álbum “Batuk Freak” e a música “100% feminista” gravada em parceria com a Mc Carol de Niterói. 

NEGRA LI 

A cantora Negra Li ficou conhecida como integrante do grupo de rap RZO. Em 2004 a artista decidiu seguir carreira solo e investir em outros ritmos usando sua bela voz para explorar o talento que tem para a música. 

Negra Li apostou no Pop brasileiro e vem traçando seu caminho com muito reconhecimento. O trabalho mais novo é um marco na história de empoderamento das mulheres negras e periféricas, mas também acolhe todas as manas brasileiras que lutam para conquistar seus espaços. 

Música para colocar na playlist: O álbum “Raízes” foi um divisor de águas na carreira da artista. Misturando ritmos como pop, rap, r’n’b, trap e ragga, Negra Li conseguiu produzir algo que revelasse sua identidade artística. A intenção geral do CD é inspirar o orgulho negro e também feminino. 

PITTY 

A artista baiana fez parte da trajetória de muitas mulheres brasileiras. Seu rock pesado veio se reformulando ao longo dos anos e além de tratar dos assuntos que já eram abordados, a artista começou a inspirar a força feminina através das letras. 

A verdade é que desde os anos 2000, Pitty já vem se destacando como uma cantora revolucionaria e um tanto transgressora. Seus álbuns sempre carregam reflexões que fazem o ouvinte questionar os padrões impostos pela sociedade tradicional. 

Música para colocar na playlist: “Desconstruindo Amélia” é sem dúvidas uma música feminista que inspira as mulheres e dissociarem dos padrões impostos pelo patriarcado. A letra possui clara inspiração na obra de Simone de Beauvoir. 

MC SOFFIA 

Essa é sem dúvidas uma garota destinada a brilhar. Apesar da pouca idade seu talento notável inspira outras mulheres e principalmente as meninas negras a lutar pelos seus ideais

A rapper de 16 anos é naturalmente poderosa e além das letras marcantes, têm um visual único e cheio de estilo. Soffia também recebeu uma homenagem internacional da World Woman Foundation e decidiu lançar um single que dialoga com isso. 

Música para colocar na playlist: Empoderada. Esse projeto foi feito com o intuito de mostrar o quando mulheres e meninas podem servir de inspiração para outras, criando uma rede de apoio e empatia. 

publicidade