Com 102 anos, idosa entra para história ao ter vencido a gripe espanhola, o câncer duas vezes e agora o Covid!
Com 102 anos, idosa entra para história ao ter vencido a gripe espanhola, o câncer duas vezes e agora o Covid!

Com 102 anos, idosa entra para história ao ter vencido a gripe espanhola, o câncer duas vezes e agora o Covid!

Que RECEITA incrível. Todo mundo deveria fazer o mesmo!

publicidade

Se existe uma pessoa que pode inspirar o mundo quando o quesito é trazer esperança, essa senhora sabe bem. Desde que recebeu a confirmação através dos exames que havia se curado do Covid, que sua vida chegou a transformar as histórias de superação ainda mais emocionantes. 

O nome dessa super mulher é Mildred Geraldine Schappals. Com 102 anos de idade, hoje seu nome carrega uma verdadeira história de vida, que nos comove a ter cada vez mais vontade de aproveitar tudo que amamos e acreditar que podemos vencer tudo. 

Cheia de amor e energia, antes mesmo de completar 1 ano de idade, chegou a preocupar a todos os seus familiares e pessoas que a cercavam. Isso porque ainda quando era novinha, chegou a ser contaminada pela gripe espanhola, que ficou conhecida também como a gripe de 1918.

publicidade

Nascida em janeiro daquele ano e ainda com 11 meses de nascida, chegou a se encontrar em um estado se saúde bem grave, que preocupou a muitos. Ao lado de sua mãe e irmão em um momento muito difícil em que o mundo inteiro acabou passando, os médicos tinha receio de que as duas não conseguissem sobreviver ao quadro. 

Quando com a gripe, seu estado havida sido tão grave, que sentia uma grande dificuldade em até mesmo mexer o corpinho, quando era segurada para trocar fraldas.

Contando sua história cheia de superação desde quando nasceu, hoje chega a brincar dizendo: “Eu realmente acho que ter a gripe de 1918 fortaleceu tudo em mim. Eu nunca tive resfriados ou doenças até ter câncer, e mesmo assim eu consegui. É isso ou a Mãe Natureza pensa que eu morri em 1918, então ela me ignora”.

Cheia de emoção, a senhora Schappals conta que sua família acabou sendo os únicos pacientes em que seu médico havia conseguido salvar durante a pandemia da gripe espanhola.

publicidade

senhora-vence-gripe-espanhola-cancer-covid

Já no finalzinho de 1980, essa incrível mulher acabou passando por um momento super delicado, ao descobrir que tinha câncer de mama. Depois de todos os procedimentos necessários, entre várias sessões de radioterapia e uma mastectomia, a senhora o venceu.

Alguns anos depois de tudo, precisou mais uma vez ir para a batalha. Dessa vez, contra um câncer de cólon, Mildred se mostrou mais uma vez ser uma super mulher e o venceu novamente. 

Quando foi diagnosticada como Covid no começo desse ano, procurou os médicos ao sentir-se não muito bem e apresentar-se com alguns dos sintomas. Ainda que tenha atestado positivo, pouco tempo depois, já começou a se sentir bem melhor e acabou se curando de mais uma batalha.

Agora nós temos uma incrível mulher, que atribui todas as suas vitórias ao ser uma pessoa plenamente despreocupada e apreciadora de vinhos. Existe alguma dúvida de que ela se tornou uma parte inspiradora em nossas vidas?

publicidade

Fonte: Washington Post