Com 110 anos, idosa se recupera da Covid-19 e volta para casa com celebração

A melhor coisa é comemorar essa vitória juntos!

Com 110 anos, idosa se recupera da Covid-19 e volta para casa com celebração
Com 110 anos, idosa se recupera da Covid-19 e volta para casa com celebração

Para nós, qualquer brechinha que possamos ter para festejar com uma pessoa que venceu a Covid-19, é uma oportunidade ímpar de nos juntarmos em tamanha alegria.

Henriqueta Soares Marques é uma senhorinha que tem 110 anos e vive no estado de São Paulo. Depois de deixar sua família super apreensiva por ter atestado positivo para o coronavírus, a melhor notícia chegou.

Ela estava internada na hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, quando chegou a receber alta ontem por se mostrar completamente recuperada.

Como não poderia ser diferente, a festa não veio só para a senhorinha, que se mostra completamente firme e independente em qualquer questão. Mas o hospital inteiro se alegrou!

Ao saber que a Henriqueta estava indo embora do hospital e que tinha vencido o vírus, os funcionários celebraram com muita animação a sua volta para casa.

Giancarlo Bonansea, um dos seus netos, chegou a comentar o seguinte: “Essa despedida da equipe na saída foi uma surpresa pra ela, ela ficou muito emocionada.”

“Ela, eu, a família inteira, foi algo muito especial. Ver uma pessoa da idade dela vencer essa batalha, eu acho que é uma mensagem de muita esperança”, continua ele.

Ainda no mês de fevereiro, a Henriqueta chegou a tomar a segunda dose da vacina contra o vírus. E para os familiares, isso acabou fazendo uma grande diferença durante esse período no hospital.

Não podemos negar que ela tinha um grande risco por causa da idade, não é mesmo? Mas ainda assim, acreditam que os leves sintomas que ela chegou a ter tenha sido por causa da vacina.

Com 110 anos, idosa se recupera da Covid-19 e volta para casa com celebração

Quando o cuidado não pode parar

A campanha de vacinação está a ocorrer no país inteiro. Ainda assim, mesmo tendo grande parte dos nossos vovôs e vovós vacinados, os cuidados não podem parar.

Falando sobre como estava sendo os cuidados da família para com a Henriqueta em casa, reconhecendo que a porcentagem de eficácia ainda não é 100%, o isolamento ainda chegou a ser mantido.

Precisando quebrar o isolamento, o neto Giancarlo contou que sua mãe começou a apresentar sintomas durante esse período que precisou sair. E disse mais:

“Logo após receberem a vacina, antes de tomar a segunda dose, meus pais começaram a ter uns sintomas de mal-estar que foram piorando. No dia 12 de março, tiveram sintomas mais fortes de coronavírus e fizeram o teste RT-PCR. Então, no dia 14, descobriram que estavam positivos”.

Depois de bastante luta contra a Covid, a família e encontrou em momentos de desespero quando os sintomas e sequelas apareciam de repente.

Mas nesse final de semana, junto com sua família, as notícias foram boas ao saberem que, mesmo isolados, todos estão em casa se mostrando melhores e recuperados.

Fonte: G1

publicidade