Corredor abre mão da vitória para ajudar concorrente caído

Corredor abre mão da corrida para ajudar concorrente desconhecido!

Corredor abre mão da vitória para ajudar concorrente caído
Corredor abre mão da vitória para ajudar concorrente caído
publicidade

Numa corrida, Brandon descobriu que seu maior prêmio não seria o troféu, mas abrir mão deste, superar suas ambições pessoais e ajudar a um desconhecido que sofreu câimbras durante o percurso a completar a prova.

Blake Cerveny, tinha iniciado a prova de forma explosiva e isso impactou seu desempenho físico no decorrer do trajeto. Ainda no início sentiu os músculos, mas persistiu heroicamente na prova caindo diversas vezes no trajeto.

Sua última queda foi à 100 metros da linha de chegada. O pai do garoto estava prestes a intervir na corrida para socorrer o seu filho, mas foi surpreendido pela intervenção heroica de outro competidor.

publicidade

Te interessa?

Corredor abre mão da vitória para ajudar concorrente caído
Corredor abre mão da vitória para ajudar concorrente caído

Brandon, que naquele dia visava alcançar uma boa marca para se classificar para a competição em nível estadual, observou que um dos concorrentes estava no chão. Sua reação foi imediata: deu suporte ao desconhecido sustentando-o até o fim da prova.

Um jornalista que testemunhou o fato relatou: “Eu vi Blake ziguezagueando a 100 metros do final, um clássico sinal de que suas pernas estavam prestes a colapsar. Enquanto mantinha minha câmera apontada para ele, vi Brando entrar em cena. Comecei a sussurrar: ‘Não, não, não’ para mim mesmo”.

“É primeira vez que vejo um atleta para sua corrida e se esforçar assim para ajudar um colega competidos a chegar ao fim da prova. O mais impressionante é que brando não teve quase nenhum tempo para pensar se deveria ajudar; ele reagiu tão rápido que o fez institivamente” completou o jornalista.

publicidade

A verdadeira vitória

Mesmo sendo praticantes do mesmo esporte e tendo competido entre si diversas vezes, os jovens ainda não se conheciam. Após o fim da prova, um foi para tenda médica, onde foi diagnosticado com fadiga muscular e o outro seguiu para o local descanso reservado aos atletas.

A história ficou conhecida por toda a cidade e os jovens foram convidados por diversas mídias sociais para contar a história e foi só então que descobriram o nome um do outro.

publicidade

Brandon, através de sua atitude, mostrou que a superação esportiva não passa apenas pelo campo do esforço físico, mas também pelo crescimento como pessoa, abrindo mão de feitos pessoais para alcançar conquistas coletivas.

“Brandon é uma excelente pessoa. Ele é verdadeiramente uma pessoa doce e um grande líder.” Relata a treinadora do valente garoto.

A importância dos esportes

Os esportes acompanham o homem desde de quando ele se descobriu como ser pensante e passou a viver em sociedade. Na Grécia antiga era comum prestar as últimas condolências fúnebres a um ente falecido através de competições esportivas.

Praticar esportes não é apenas sobre superar seus adversários em competições, mas é antes sobre superar a si mesmos. São longos dias de treinos onde o atleta leva seu corpo a exaustão visando superar suas limitações físicas e assim progredir pouco a pouco.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Num mundo onde passamos cada dia mais de uma perspectiva competitiva para uma visão colaborativa, tem sido cada vez mais comum aos atletas verem a si mesmo como maior obstáculo a ser superado, em vez do outro, que até então era visto como um adversário.

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar