Depois de perder os pais, a avó e a tia, trigêmeos é acolhido por tio e recebe doações até do exterior

Essa quarentena não está nada fácil!

Depois de perder os pais, a avó e a tia, trigêmeos é acolhido por tio e recebe doações até do exterior
Depois de perder os pais, a avó e a tia, trigêmeos é acolhido por tio e recebe doações até do exterior

Com apenas 5 anos, os trigêmeos Pedro, Paulo e Felipe foram acolhidos por um tio cheio de amor, que ao passar por um momento dificílimo, não poderia abrir mão deles.

Há algumas semanas, os três garotinhos acabaram perdendo o pai em um acidente de trânsito. Abalados, acabaram passar por mais perdas em um pequeno intervalo de tempo.

Em menos de duas semanas, eles acabaram ficando sob custódia do tio, quando perderam a mamãe, a avó e a tia por causa da Covid-19.

Douglas Junior Faria Amaral, de 26 anos, é o tio dos garotinhos. Ele mora com a sua esposa, a Luana Amaral, em Votuporanga, no interior do estado de São Paulo.

Pai de uma menina de 1 ano e 7 meses, acolheu as crianças em casa e foi acolhido por diversos desconhecidos quando a sua história se espalhou pela web e tocou corações.

Não podemos negar que, para qualquer adulto isso tudo não seria nada fácil de digerir. E imagine só para essas três crianças que ficaram desoladas?

O tio que, é vendedor, ficou emocionado quando chegou a receber materiais para construir o quarto dos meninos em casa. Em entrevista ao canal de G1, contou mais:

“Recebemos muitas doações de alimentos. Ganhamos tijolos, azulejos, pia e materiais para usarmos na construção do quarto e do banheiro dos meninos. Pedreiros e eletricistas se ofereceram para trabalhar de graça, um arquiteto também vai fazer o projeto sem cobrar nada. Além disso, um site está fazendo uma vaquinha online”.

Depois de perder os pais, a avó e a tia, trigêmeos é acolhido por tio e recebe doações até do exterior

Ainda que muitas coisas venham pela frente, Douglas afirma que falta gratidão para agradecer a tantos desconhecidos que resolveram de forma surpreendente acolher os meninos.

Os trigêmeos receberam ajuda até mesmo do exterior

Chega a ser praticamente impossível não nos sentirmos tocados com tantas coisas acontecendo na vida dos pequenos. Mas ainda assim, somos gratos por tudo o que esse tio está a fazer por eles.

Ainda de acordo com o Douglas, até pessoas que fora do país se sentiram tocadas com a situação que a família inteira está tendo que passar. E contou mais:

“Recebi até uma ligação de um morador dos Estados Unidos. Ele viu a reportagem no G1, entrou em contato conosco e nos enviou uma ajuda. Olha onde a história chegou, é uma coisa surreal. Ficamos muito felizes em sentir todo esse amor. O ser humano é muito bom. Precisamos acreditar nisso”

Agora, o que pensa para os garotos, é garantir que eles possam ter a oportunidade de ter uma vida com bons estudos, que eles possam aproveitar oportunidades e consigam entrar em uma boa escola.

E sabendo disso, ficamos super gratos em saber que esses três garotinhos estão sendo bem cuidados por pessoas que os amam e querem seu bem!

Fonte: G1

publicidade