Agente de saúde resgata idosa que pediu ajuda com bilhete entregue durante vacinação

Ficamos feliz em saber que seu pedido foi atendido e que ela está em um local seguro!

Agente de saúde resgata vovó que pediu ajuda com bilhete entregue durante vacinação
Agente de saúde resgata vovó que pediu ajuda com bilhete entregue durante vacinação

Ainda nesse final de semana, uma senhorinha de 85 chegou a ser levada para um ponto de vacinação que chegou a ser improvisado em uma escola na região de Iztapalapa, no México.

Durante a campanha, quando chegou a sua vez de receber sua dose de imunizante contra a Covid-19, ela chegou a entregar um bilhetinho que estava mantido bem guardado dentro de suas roupas, ao agente que estava aplicando sua vacina.

Sendo super discreta – e para a tristeza de qualquer filho -, quando o agente chegou a ler o bilhetinho que ela havia lhe entregado, percebeu que não era só um pedido de ajuda, mas sim de socorro.

De acordo com a senhorinha, ela estava vivendo de forma inaceitável e estava sendo sempre mantida presa por sua filha e o seu genro em casa. Mas não era por segurança em relação ao vírus.

Quando percebeu a gravidade daquela situação, o agente de saúde que estava com o papelzinho que a senhora havia feito a denúncia, sem pensar duas vezes, pediu ajuda.

Em um comunicado feito pela Secretaria de Segurança Cidadã da Cidade do México, ela estava acompanhada pelo casal no momento em que precisou ir ao posto de vacinação. 

Depois que a polícia foi chamada pelo agente, o alívio chegou para essa senhorinha, que chegou a ser encaminhada para um lugar que pudesse receber cuidados de forma segura.

Enquanto isso, o casal que lhe aguardava, filha tem 39 anos, e o marido dela, 59, foram presos no local e o caso chegou a ser encaminhado para o Ministério Público, que manterá as investigações.

Um alívio que também nos traz um grande pesar sobre situações similares

Jamais poderíamos escrever sobre uma situação como esta, se de fato não estivéssemos aliviados em saber que as coisas podem melhorar para o conforto e a segurança dessa senhorinha.

Infelizmente o número de idosos que recebem maus tratos chega a ser bem grande em todo o mundo. E o que nos fere ainda mais o coração, é saber que muitos desses agressões são seus familiares.

Assim como chegaram a cuidar de nós quando éramos pequenos e completamente dependentes para fazer tudo, quando a velhice chega, o mínimo que precisamos fazer é retribuir tudo aquilo que um dia chegamos a receber deles.

E repetimos, tudo isso é o mínimo que podemos fazer! Isso porque são nossos pais quem nos constroem os primeiros pilares sobre o que seremos como pessoas, independente de que área que possamos citar.

Não podemos negar que é preciso paciência, atenção e muito cuidado. Mas quando amamos e sabemos reconhecer a importância do amor em nossas vidas, isso acaba sendo um grande prazer em forma de agradecimento literalmente pela vida.

Fonte: Jornal Extra

publicidade