Em 30 anos, taxa de mortalidade infantil é reduzida no mundo todo
Em 30 anos, taxa de mortalidade infantil é reduzida no mundo todo

Em 30 anos, taxa de mortalidade infantil é REDUZIDA no mundo todo!

Mais um golpe de esperança que temos para essa mudança!

publicidade

Ainda que estejamos nós passando por um momento muito delicado após essa quarentena, sabemos a importância que existe, de encontrarmos as brechas boas que podem nos acompanhar como consolo e ser motivos de grandes alegrias.

Na primeira semana desse mês de setembro, a ONU, Organização das Nações Unidas, chegou a divulgar os dados atualizados acerca das taxas que se referem ao ano de 2020, para a Estimativa da Mortalidade Infantil.

De acordo com as informações compartilhadas, o mundo todo vem passando por um momento de avanço muito grande, em relação as taxas de mortalidade infantil, medidas em todos os países. 

publicidade

Ainda que os últimos meses tenham sido bastante conturbados nesse período de quarentena, também contando com os riscos ainda maiores por causa do coronavírus, esses números mostraram um grande impacto quanto ao assunto, marcando sim a história.

Essa redução vem sendo notada em todo o mundo. Essas taxas atuais marcam uma grande redução, desde o ano de 1990, diminuindo quase 60% sendo comparada com esse ano. Em outras palavras, desde os anos 90 que esse número não marcava uma redução tão grande.

O resultado é tão impressionante, que chega a ser impossível de não nos alegramos com essa informação. Isso basicamente significa, que milhões de crianças estão sobrevivendo desde o seu nascimento, até a sua adolescência.

publicidade

E sabe qual a importância de se ter bastante atenção quanto a esse número estar a despencar? No mundo todo, existe uma taxa muito alta de mortalidade infantil. Para que você tenha ideia, cerca de 7,4 milhões de crianças e jovens cm idade inferior á 25 anos, tiveram suas vidas tiradas em 2019.

Os números não param! Com idade inferior a 5 anos, foram mais de 5 milhões, onde mais que a metade dessas mortes, foram de bebês que haviam nascidos há pouco tempo. O que alarma também, é o grande número de crianças que faleceram por causa de doenças que eram tratáveis.

Mas ainda que tenha outras coisas a serem pensadas ainda, o que o relatório nos trás como uma dose de esperança enorme, é que esses números possam ter uma tendência a cair nos anos seguintes, se esperando então, um progresso.

Os dados no Brasil

Aqui no Brasil, essa taxa chegou a dispensaram bastante também. Com um marco notável, nos últimos 19 anos, essa redução acabou indo de 56,11%, para 59,8%, para crianças com idade inferior á 5 anos.

publicidade

Sabendo que tudo interfere para que esses números sejam reduzidos com o passar dos anos, os serviços básicos de saúde são responsáveis por salvar muitas dessas crianças, em suas diversas situações de risco.

Com esses números e a espera de um avanço contra essas mortes, depois dessa pandemia, o que esperamos agora, é o fortalecimento do acesso ao sistemas de saúde, que são amostras principais para impactar essa mudança.