Gato se torna carteiro em quarentena e une vizinhos que não se conheciam

Gato-correio, podemos chamar assim?

Gato se torna carteiro em quarentena e une vizinhos que não se conheciam

Desde que a quarentena começou no ano passado, tudo se tornou muito diferente para todo mundo. Independente do que fosse, todo mundo passou por alguma mudança causada pelo isolamento.

E nesse caso, até mesmo um gato chegou a andar por certos lugares mais diferentes e acabou ganhando uma função que pode ser bem comum para pombos, mas para felinos…

Olga Shipunova e Zack King vivem em um apartamento em Hackney, em Londres. Eles possuem um gatinho preto e branco, ou melhor, de smking, que adora fazer alguns passeios por aí.

Até que em um dia, Olga percebendo que o gatinho havia voltado já pela noite de uma de suas rondas. Só que dessa vez eles tinha um detalhe a mais, estava com um bilhete bem enrolado na sua coleira, que dizia o seguinte:

“Seu gato gosta de vir nos visitar quando está do lado de fora. Ele vai sentar na porta e miar para entrar. É realmente hilário e nós o amamos !! Não temos ideia de onde ele vem. Qual o nome dele? Nós o chamamos de Billy.”

E não pense que a situação é de fato a mais engraçada dessa história, pois ao ser apelidado por um nome aleatório, o vizinho que recebia as visitas diária do gato acabou acertando o seu nome.

Usando suas redes sociais para falar mais sobre o ocorrido, Zack contou: “A partir desse ponto, minha namorada e um vizinho desconhecido se tornaram amigos por correspondência, tudo por meio de um pós-gato felino alheio”

Claro que a reação deles nesse momento da pandemia não poderia ter sido outra. O gato Billy acabou se tornando um verdadeiro carteiro de uma amizade que acabou surgindo por acaso, e graças a ele!

Uma amizade tão improvável, mas ao mesmo tempo tão incrível

E tudo acabou dando muito certo! Graças aos passeios do Billy, o casal acabou criando um vinculo muito engraçado com o outro vizinho e com conversas todos os dias.

Super feliz sobre como tudo isso aconteceu, Zack conta mais: “Encontrar um amigo por correspondência que também gosta de comida caseira e Netflix = dar sorte.”

A coisa toda ficou tão íntima, que eles até passaram a trocar algumas ideias sobre comida, fizeram trocas de receitas e e encontraram uma experiência que muita gente já não se ouvia falar antes

E de fato, fizeram disso um momento muito acolhedor: “Os últimos meses de 2020 realmente me afetaram de várias maneiras. Não posso expressar o quanto sou grato por minha namorada Olga, minha família e amigos e pelo pequeno Billy.”

São histórias como essas que nos fazem ter doses boas de alegria!

publicidade