Gruta do Lago Azul: um dos lugares mais inacreditáveis e ainda fica no Brasil

Com certeza, você vai querer ir até lá!

Gruta do Lago Azul: um dos lugares mais inacreditáveis e que fica no Brasil (Imagens: Unsplash/ Prefeitura de Bonito)
Gruta do Lago Azul: um dos lugares mais inacreditáveis e que fica no Brasil (Imagens: Unsplash/ Prefeitura de Bonito)

A Gruta do Lago Azul é um destino surpreendente que fica localizado em Bonito, região super preservada do Mato Grosso do Sul.

Como já é de se imaginar, o interior da caverna abriga um lago, que com a incidência solar, toma uma tonalidade azul intensa.

Se você está se preparando para explorar o Brasil, confira abaixo um pouco da história e o melhor momento para visitar a Gruta. Tenho certeza de que não irá se arrepender!

Te interessa?

O Descobrimento da Gruta do Lago Azul

Em 1924, um índio da etnia Terena, ao explorar a região onde está a Gruta, acabou descobrindo esse verdadeiro espetáculo natural.

O que ele não imaginava é que posteriormente, a região seria considerada uma das mais importantes cavernas para estudos espeleológicos nacionais e um dos principais atrativos turísticos de todo estado do Mato Grosso do Sul.

Toda essa riqueza patrimonial e o valor paisagístico, motivou o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) a tombar a Gruta do Lago Azul. Descubra agora os detalhes que tornam esse lugar tão especial para os estudos sobre as diferentes formas de vida que já habitaram a terra.

 

Gruta do Lago Azul: um dos lugares mais inacreditáveis e que fica no Brasil (Imagens: Unsplash/ Prefeitura de Bonito)

Gruta do Lago Azul: um dos lugares mais inacreditáveis e que fica no Brasil (Imagens: Unsplash/ Prefeitura de Bonito) 

A Gruta do Lago Azul ajuda a contar a história do planeta

Além da indiscutível beleza natural, essa paisagem subterrânea concentra inúmeros fósseis e conjuntos de minerais raros. O local também conta com uma série de espécies endêmicas, principalmente de crustáceos, que só existem naquela região.

A caverna ainda possui uma grande área de abertura, por onde ocorre uma alta incidência de iluminação natural, proporcionando um turismo sustentável e que provoca pouco impacto na natureza.

Alguns órgãos estudam a possibilidade de implantar um monumento definitivo, para aprimorar ainda mais o turismo e marcar a beleza natural da Gruta do Lago Azul.

Outro fato interessante é que em 1990, foi descoberta a primeira espécie endêmica do lugar. O crustáceo Potiicoara brasiliensis abriu caminhos para os mergulhos de exploração, através da Expedição Franco-Brasileira de espeleomergulhadores que iniciou em 1992.

A partir daí foram encontrados diversos fósseis de mamíferos que viveram durante um período geológico muito distante, denominado Pleistoceno. Ao longo das descobertas, a visitação à Gruta ficou restrita.

Gruta do Lago Azul: um dos lugares mais inacreditáveis e que fica no Brasil (Imagens: Unsplash/ Prefeitura de Bonito)

Tudo por um bom motivo, heim

Posteriormente, no ano de 2015, uma equipe ainda mais completa seguiu em uma nova expedição pelo Lago Azul. Mergulhadores, jornalistas, pesquisadores, fotógrafos e cinegrafistas se uniram para explorar 96 metros de profundidade e puro mistério!

Os registros feitos nesta expedição foram essenciais para traçar uma linha do tempo sobre a biologia, geologia e paleontologia neste continente. O principal objetivo dos registros é promover um turismo dedicado à preservação, além de servir para embasar trabalhos científicos relacionados a essas áreas.

 

As surpresas encontradas na Gruta do Lago Azul

A complexidade da formação geológica da Gruta do Lago Azul precisou ser dividida em duas partes. Inicialmente, aborda-se a origem das rochas na qual a caverna se formou, em segundo lugar estão os temas relativos à formação da caverna e do relevo associado a ela.

A formação geológica da Gruta

A caverna se desenvolveu em rochas que se sedimentam facilmente com a ação das águas ácidas. Isso proporcionou a formação de uma paisagem cárstica, ou seja: aquele tipo de relevo que se caracteriza pela dissolução química de rochas.

Após um longo período de glaciação e a transmutação das eras geológicas, acontece a segunda fase do processo relacionado ao esculpimento da Gruta do Lago Azul. Ela é responsável pela evolução das espécies de fauna e flora que caracterizam a região.

Como chegar até a Gruta do Lago Azul

A atração está localizada a aproximadamente 20 km de Bonito e como possui quantidade restrita de visitantes, você precisará reservar com antecedência.

Montar um roteiro que inclua Bonito pode ser uma opção para facilitar o percurso. Diversas agências de viagem oferecem o pacote completo.

Digamos ser um lugar mágico… Não concorda?

Os estudiosos afirmam que essa configuração iniciou-se a mais de 60 milhões de anos atrás, no que chamamos de Era Cenozóica. É impossível prever ao certo a data em que a Gruta começou a ser formada, mas estudos apontam que o seu processo de formação ainda está acontecendo.

Todos esses aspectos tornam a Gruta do Lago Azul mais do que especial! Imagine visitar um local onde foram encontrados fósseis de espécies como o Smilodon Populator, conhecido como Tigre Dente de Sabre? Ou até mesmo a preguiça gigante que viveu em um período geológico a 15.000 anos atrás?

Gruta do Lago Azul: um dos lugares mais inacreditáveis e que fica no Brasil (Imagens: Unsplash/ Prefeitura de Bonito)

O Turismo na Gruta do Lago Azul

Se os aspectos retratados anteriormente foram o suficiente para te convencer a conhecer a Gruta do Lago Azul, fique de olho nas recomendações principais e aproveite ao máximo esse destino!

Ele é super indicado para turistas aventureiros, mas se você nunca curtiu um turismo dessa vertente, também vale a pena conferir! Geralmente, quem vai até a região de Bonito, marcada por lindas nascentes, corredeiras e quedas d’água, costuma incluir a Gruta no roteiro.

Melhor época para visitação

Assim como o recomendado para Bonito, os melhores meses de visitação são abril e maio. Nesse período a temperatura costuma ser agradável e com pouca incidência de chuvas.

Setembro, outubro e novembro também podem proporcionar uma experiência incrível e garantem a flexibilidade do roteiro.

Como ingressar da Gruta do Lago Azul

Os ingressos devem ser adquiridos com antecedência através do site:

  • Agência Ygarapé.

Valores dos ingressos individuais

Na alta temporada, os bilhetes costumam ficar em torno de:

  • R$130.

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Já nos meses que marcam a baixa temporada é possível ingressar na Gruta por uma taxa mais acessível de R$90.

O que não pode faltar na sua mochila no dia da visita

Primeiro de tudo, você precisará, obrigatoriamente, estar de tênis para fazer o percurso que leva até a Gruta.

Além disso, é importante se alimentar bem e usar repelente e protetor solar. Não esqueça de colocar na mochila uma garrafa de água e uma câmera para registrar o que há de mais inacreditável no interior do Mato Grosso do Sul.

Você já está por dentro de tudo o que precisa para explorar a Gruta do Lago Azul. O passeio é surpreendente e te levará a uma experiência única em contato com a natureza. Esse, sem dúvidas, é um dos destinos que todo mundo deveria fazer um dia!

Veja mais ›
Fechar