Homem recebe alta após passar 9 meses internado com Covid-19

O hospital, os amigos, a família e nós comemoramos essa vitória!

Homem recebe alta após passar 9 meses internado com Covid-19
Homem recebe alta após passar 9 meses internado com Covid-19

Um brasileiro chegou a deixar o coração de muita gente bem quentinho ao receber a notícia mais esperada dos seus últimos meses. E não foi só a família e os amigos não, ok?

O funcionário público Marcos Elias Jacobsen, de 58 anos, chegou a passar mais de 9 meses internado no Hospital Dona Helena, em Joinville, no estado de Santa Catarina.

Quando precisou ser internado, Marcos e a família já não estavam bem por causa da triste perda do seu irmão, que tinha falecido recentemente por causa da Covid-19.

Foram exatamente 290 dias internado e longe da família. Nesse meio tempo, muitas complicações causadas pela Covid acabou surgindo e os dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foram bem preocupantes.

Marcos chega a contar que pouco se lembra desse momento. Ao falar sobre, a médica Ana Carolina Berbel chega a listar os muitos problemas que ele chegou a ter.

“Ele teve uma gravidade muito importante do quadro infeccioso pulmonar. Ele também desenvolveu insuficiência renal aguda, com necessidade de hemodiálise. Fez inúmeros ciclos de antibiótico para controle de todas essas infecções, tanto pulmonar quanto da úlcera que teve. Ele acabou evoluindo para trombose de membro inferior, precisando de anticoagulação”.

Quando as esperanças não podem acabar

Ainda de acordo com as informações médicas, mesmo reconhecendo que seu quadro de saúde estava sempre preocupando os médicos, Marcos era um homem que iluminava o local.

E para ele, conseguir suportar esse momento de afastamento e de preocupações só poderia ser levado com muita descontração. Coisa que acabou o levando ser mais um amigo da equipe médica local.

Homem recebe alta após passar 9 meses internado com Covid-19
Homem recebe alta após passar 9 meses internado com Covid-19

Ao receber alta na semana passada, dia 8, não foram só os filhos, esposas e netos quem comemoraram. O hospital e amigos do trabalho ficaram em verdadeiro estado de festa. Quando fala sobre, a emoção não poderia ser outra:

“Se felicidade fosse o máximo, eu estou acima disso. São nove meses de 16 dias longe de casa, da família, dos amigos. Mas, graças a Deus, estamos aí e estamos saindo agora”, disse ele.

O acolhimento dos amigos

Agora, a nova fase de recuperação para o Marcos serão as sessões de fisioterapia que precisará fazer ao longo dos meses seguintes, para que possa conseguir ter os movimentos plenos das mãos e dos pés.

Reconhecendo a luta que ele terá por causa das sequelas da Covid, alguns amigos do funcionário público se reuniram e fizeram uma vaquinha para suas sessões. Gente boa demais, não é?