Mãe e filha ucranianas reencontram gatinho de estimação após passarem meses separados

Prepare o lencinho!

publicidade

Um dos maiores horrores que qualquer nação pode enfrentar é, sem dúvidas, uma guerra. O conflito devasta o país, leve inocentes para o fronte de combate, mata inúmeras pessoas e separa famílias inteiras. Um dos exemplos mais atuais possíveis é a Ucrânia, que desde o começo de 2022 vem aterrorizando o leste europeu.

Entre histórias tristes, mas com um final feliz se encontra Sasha Khvorostiana e sua mãe Vicktoriia que precisaram deixar tudo para trás e fugir do conflito em sua terra natal. Entre os bens mais valiosos que elas não puderam levar foi o gatinho de sete anos Bony, que ficou com alguns vizinhos na Ucrânia.

Ao contrário de inúmeros conterrâneos, as duas tiveram a sorte de ter uma familar que mora nos Estados Unidos e pode recebe-las de braços abertos. Além da saudade de casa, as duas precisaram lidar com a dor da ausência do pet amado. Elas até mesmo chegaram a acreditar que nunca mais veriam o animalzinho.

publicidade

Te interessa?

Porém, a irmã de Vicktoriia, Elena, preparou uma surpresa para a mãe e a filha. Ela organizou e pagou uma viagem para que Bony pudesse finalmente estar com sua família após meses de separação. Que fofa!

De acordo com Elena, Sasha sentia muita falta de Bony e volta e meia pedia para que ela adotasse um gatinho. Vendo a tristeza da sobrinha, ela então decidiu arrumar um meio para que o amigo de quatro patas da família pudesse ir também para os EUA. “É cara e é uma viagem longa, mas vale a pena. Você paga o preço que for para ver a alegria no rosto de alguém”, afirmou Elena.

O momento do reencontro foi todo gravado e levou todo mundo às lágrimas. “Quando Sasha segurou o gato pela primeira vez ele a reconheceu. Estava ronronando. Estava lambendo suas bochechas. Foi tão especial”, recordou Elena.

publicidade

GATINHOS A SALVOS 

Em depoimento, Vicktoriia disse que será eternamente grata à irmã por ter salvo a sua vida e da filha. “Graças a Elena, a gente não viu os horrores que estão acontecendo na Ucrânia. É impossível ficar em um país e em uma cidade onde bombas continuam a explodir, é terrível. Além do mais, Elena nos deu a oportunidade de aproveitar todos os dias como se fosse um dia novo e trouxe o nosso bichinho de estimação para perto da gente”. Que emoção!

Conterrâneo de Bony, outro gatinho que conseguiu escapar da guerra foi o famoso Stepen, que faz sucesso nas redes sociais e tem mais de um milhão de seguidores no Instagram. Em postagem emocionante, os tutores do animal, relatam os momentos de tensão que viveram em solo ucraniano.

No primeiro dia da guerra foram as destruições mais graves. Os projéteis atingem as casas vizinhas todos os dias; as casas queimaram diante de nossos olhos. Por algum milagre, nossa casa permaneceu segura exatamente por uma semana. Nossa casa também foi danificada no oitavo dia quando um projétil voou para a varanda dos vizinhos. Não houve fogo. Graças a Deus! Em duas ou três dúzias de apartamentos, todas as janelas se espalhavam”.

publicidade

Esperamos que todo esse conflito acabe o mais breve possível e as pessoas possam reencontrar seus familiares, amigos e bichinhos amados!

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Fonte: Inspiremore

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar