Setembro Amarelo: esses métodos naturais (e práticos) combatem a depressão
Setembro Amarelo: esses métodos naturais (e práticos) combatem a depressão

Setembro Amarelo: esses métodos naturais (e práticos) combatem a depressão

A natureza pode ser realmente surpreendente!

publicidade

A Covid-19 pegou todo mundo de surpresa e acabou ocasionando longos meses de isolamento social. É impossível negar o quanto isso mexeu com a cabeça das pessoas, principalmente daquelas que já apresentavam quadros de depressão e ansiedade. Nesse artigo você vai descobrir métodos naturais de combate a essas doenças.

Ficar muito tempo isolado pode provocar reflexões profundas, capazes de tocar em partes da nossa mente que até então eram inacessíveis. Para pessoas com depressão, isso acaba se tornando um momento de grande vulnerabilidade. 

E não ache que isso vale apenas para quem já possuía indícios da doença. Muitas pessoas começaram a se queixar dos sintomas a partir dos primeiros meses de isolamento. Essa questão, deixa clara a necessidade de conhecermos melhor nossos sentimentos e desejos. 

publicidade

Obviamente, para que haja o tratamento da depressão, aspectos químicos e bioquímicos ligados ao corpo devem ser analisados. No entanto, segundo a metafísica da saúde, os momentos de desequilíbrio partem unicamente do nosso campo emocional. 

Ou seja, esse conceito acredita que as mazelas que causam danos ao corpo são geradas em campos profundos do nosso ser, que se desenvolvem a partir de questões emocionais e espirituais.

Para entender um pouco melhor a abordagem, nesse artigo falaremos dos métodos preventivos e de tratamento da depressão a partir de terapias naturais. 

publicidade

Mas vamos com calma! Ficou em dúvida sobre o que é a metafisica da saúde? Continua aqui que eu explico! Esse é um ramo cientifico que foca seus estudos em analises filosóficas que relacionam as causas de origem emocional e espiritual com o desequilíbrio de órgãos e a forma como eles adoecem. 

Em setembro, acontece a campanha de conscientização e combate ao suicídio: Setembro Amarelo,  por isso, você vai poder conhecer três métodos naturais capazes de ajudar a combater os sintomas depressivos. 

PLANTAS MEDICINAIS/ REMÉDIOS HOMEOPÁTICOS 

Para que aconteça um bom resultado com o uso de plantas medicinais, é preciso que o paciente em questão passe por uma espécie de anamnese. Essa analise irá observar aspectos profundos do paciente, principalmente as questões ligadas aos traumas e a espiritualidade. É preciso conhecer a causa dos desequilíbrios para provocar influência de forma assertiva. 

homeopatia

A sabedoria popular é quem mais costuma enaltecer o poder das plantas. É comum que as pessoas mais velhas recomendem flores e folhas de laranjeira para combater a apatia, por exemplo. E isso é apenas uma parcela de tudo que a ancestralidade tem a nos ensinar. 

publicidade

O conhecimento popular também indica que banhos de ervas e a ingestão de infusões com rosas brancas promovem a elevação do campo vibracional. Além disso, você pode utilizar essa medicina de forma intuitiva. 

Dentre as alternativas naturais, a homeopatia também é uma boa escolha. Essa técnica consiste no fornecimento de doses diluídas de compostos identificados na causa dos sintomas.  Você deve estar se perguntando o porquê disso, então vamos lá! 

A homeopatia se baseia no princípio de que o “semelhante pelo semelhante se cura”, por isso o tratamento acontece através da diluição dinâmica das mesmas substancias que funcionam como causadores de sintomas nos indivíduos.  

Um outro presente da natureza aos seres humanos é a sálvia esclareia. Centenas de pesquisas científicas abordam a eficiência do seu óleo essencial para o combate a depressão. Mas esse assunto fica para o próximo método! 

AROMATERAPIA 

Essa técnica utiliza os óleos essenciais que provocam ação no corpo quando são inalados ou absorvido de algum jeito pela corrente sanguínea. Sua natureza é rica e singularmente complexa, graças aos seus componentes, detentores de propriedades terapêuticas capazes de auxiliar no restruturamento energético e no controle equilibrado da sua saúde física e mental.

aromaterapia

Os óleos utilizados são de origem 100 % vegetal e extremamente concentrados. Por isso mesmo, precisam ser diluídos e ministrados com bastante cuidado! Sua matéria principal é encontrada em frutos, flores, sementes, raízes, variando de acordo com o processo de extração.  

A aromaterapia é capaz de relacionar a depressão aos benefícios dos óleos essenciais. Sua utilização pode reduzir os efeitos colaterais provocados por alguma medicação e garantir mais vitalidade, clareza e equilíbrio mental, físico e espiritual. 

Quer saber mais sobre aromaterapia? Confere a seguir uma LISTA com os óleos essenciais mais recomendados para cada tipo de sintoma. 

MELHORES ÓLEOS ESSENCIAIS PARA O COMBATE A DEPRESSÃO 

Sálvia esclareia: Esse óleo é capaz de reunir todo o poder que a Sálvia representa. Sua utilização proporciona o aumento dos níveis de endorfina e auxilia na prevenção ou tratamento de quadros de ansiedade e depressão. 

  • Palmarosa: Esse aroma é reconfortante e poderoso. Ele pode acalmar nossa mente e garantir mais clareza ao tomar decisões importantes. Isso vale principalmente para aquelas pessoas muito críticas e que costumam se cobrar demais! Além disso, o óleo inspira nosso lado criativo, tornando a vida mais leve e divertida. 

homeopatia

  • Gerânio: Esse aroma é capaz de aliviar a sensação de medo ou angustia. Suas propriedades também garantem a retomada da vitalidade e do ânimo. Seu uso pode ser feito de forma individual ou em sinergia com um aroma cítrico em baixa concentração. 
  • Mandarina: Esse óleo é mais indicado para quem tem dificuldades para dormir devido a depressão. A Mandarina possui propriedades terapêuticas capazes de garantir uma boa noite de sono além de controlar a impaciência e a irritabilidade. 
  • Rosas: Esses óleos são poderosos por provocarem influência direta no Anahata chakra, ou popularmente conhecido como chakra cardíaco. O aroma das rosas permite a diluição de sentimentos depressivos, tristes e pessimistas garantindo um pouco mais de bem estar e alivio dos sintomas, principalmente se eles tiverem ligados a perca de um parente ou pessoa querida. 

ESSÊNCIAS FLORAIS 

Existe uma sutil diferença entre os óleos essenciais e as essências florais. Entenda que os OE’s derivam de materiais vegetais como flores, folhas, sementes e galhos. Seu uso é específico, cauteloso e comumente aplicado pela aromaterapia. 

florais naturais

Já as essenciais florais são produzidas através da infusão entre a energia da matéria vegetal de alguma flor específica em água. Durante o processo, a substancia é exposta as forças do Sol e da Lua e por fim é conservada com conhaque ou algum tipo de glicerina orgânica. 

Diferente dos OE’s, esses florais podem ser consumidos diretamente por via oral. Isso demonstra a imensa capacidade de cura através de diferentes métodos naturais como, plantas ou flores. 

Agora vamos lá! Para interpretar os florais, imagine uma árvore onde o tronco é o pai, os galhos são os filhos e as flores representam a energia maternal. Durante momentos de angustia, nada melhor do que um carinho de mãe, não é mesmo? 

Por isso a aplicação dessa técnica permite que pessoas com quadros de depressão possam se reconfortar no uso desse sistema que se baseia em recursos naturais. Existem diversas linhas de floral, faça uma pesquisa mais aprofundada e descubra qual delas se encaixa melhor com a sua necessidade.