Neta tatua bilhete escrito pela avó que se alfabetizou aos 73 anos: 'Orgulhosa dela!'
Neta tatua bilhete escrito pela avó que se alfabetizou aos 73 anos: 'Orgulhosa dela!'

Neta tatua bilhete escrito pela avó que se alfabetizou aos 73 anos: ‘Orgulhosa dela!’

“Ela chorou no telefone quando eu contei (da tatuagem)”, disse Marcella, que é estudante de Jornalismo.

publicidade

A estudante Marcella Martins sentia tanto orgulho de sua avó que decidiu homenageá-la de uma maneira super especial.

Dona Gelsa Martins, de 73 anos, está aprendendo a ler e escrever após décadas desde que precisou largar a escola. Para mostrar o conhecimento recém-adquirido, ela decidiu escrever uma mensagem de amor para a neta.

Orgulhosa com o progresso da vovó, Marcella decidiu eternizar o bilhete manuscrito em sua pele, tatuando a grafia de Dona Gelsa no braço.

publicidade

Uma foto que mostra a tattoo viralizou nas redes sociais, surpreendendo Marcela, que trabalha em um shopping de Niterói (RJ). “Fiquei satisfeita de saber que ela gosta de mim, muito satisfeita mesmo. Estou contente, fiquei orgulhosa!“, afirmou a a idosa.

Com 12 anos ela teve que começar a trabalhar para ajudar na casa e não teve a oportunidade de estudar. Agora ela está aprendendo a ler e a escrever e ontem ela fez uma cartinha para mim, resolvi eternizar“, escreveu a estudante no Twitter.

Marcella conta que ficou tão feliz ao receber o bilhete que nem conseguia “explicar em palavras”. Na internet, milhares de usuários elogiaram e exaltaram a atitude dela.

publicidade

Ela chorou no telefone quando eu contei (da tatuagem)“, disse a jovem, que cursa Jornalismo. “[…] Ela ficou toda feliz, disse: ‘Que lindo minha neta, como você escreveu isso tudo? Que cabeça inteligente”. (Minha vó) disse que me ama também“, complementou.

Um internauta do Twitter resumiu o que estamos sentindo com essa história: “Coisa mais linda do mundo! Não tenho minha avó mais aqui, mas ela também aprendeu a ler e escrever já aposentada. Maior orgulho do mundo dela! Parabéns pela homenagem a sua avó!“.

Nossa cara, esse tipo de história que mostra que tem gente que sempre persevera e mantém a boa vontade me enche o coração de alegria. Parabéns pra sua avozinha“, afirmou outro usuário.

Marcella diz ter ficado bastante emocionada com a repercussão do post, assim como Dona Gelsa. “Ela mandou agradecer todos vocês e desejou muita saúde“, replicou a neta.

publicidade

Minha avó sempre foi uma mulher muito guerreira. Com 12 anos ela tinha que trabalhar em casa de famílias, para poder ajudar a sustentar todos os seus irmãos e além disso ainda cuidava deles em casa. Ela sofreu muito na sua infância, mas nem por isso ela virou uma pessoa ruim ou ‘revoltada’ com a sua vida. Pelo contrário, minha avó sempre foi uma ótima pessoa que sempre ajudou as pessoas, sem ao menos pedir ou querer nada em troca“, disse a estudante.

A idosa não teve a oportunidade de estudar quando adolescente. No entanto, jamais desistiu de aprender a ler e a escrever. A alfabetização dela, ainda que tardia, foi uma notícia maravilhosa e muito comemorada por toda a família, especialmente porque, meses antes, Dona Gelsa foi diagnosticada com um câncer de pulmão.

Nossa família não esperava isso, ela tinha até parado de fumar, mas infelizmente o câncer já estava ali. Por sorte ele foi descoberto no início… Minha avó falava que ia morrer, que não aguentava mais e isso me deixava muito triste. O momento mais difícil para mim foi quando minha mãe raspou a cabeça dela (ela amava o cabelo dela). Mas graças a Deus nós conseguimos animar lá com o nosso amor e a união da nossa família e hoje minha avó já está com o cabelo lindo e está muito feliz“, escreveu Marcella.

Fonte: Extra

Compartilhe o post com seus amigos! 😉