Seguindo ordens da mãe, bebê ataca vovô de forma fofa e HILÁRIA

Tem coisa mais fofa que essa?

Seguindo ordens da mãe, bebê ataca vovô de forma fofa e HILÁRIA
Seguindo ordens da mãe, bebê ataca vovô de forma fofa e HILÁRIA

Preparado para sentir a dose de fofura mais forte do dia? Esse vídeo cheio de amor te deixará ainda mais animado. E ele só tem um defeito, que é o de ser pequeno demais e acabar muito cedo.

Sabemos que todas as avós possuem aquele vínculo com os netos que nem mesmo elas sabem explicar como existe e como eles podem ser intensos só entre os dois.

Nesse caso, é a mãe quem estimula sua filhinha a fazer um “ataque” na vovó. E o vídeo em si não é só engraçado, mas também é impressionante por estarmos falando de uma bebezinha que tem poucos meses.

E quando ela escuta sua mãe falar: “ataque!”, ela entra em a ação e o que faz? Dá um excesso de fúria, abre bem o bocão e ataca a vovó com muitas doses do que parece ser uma mistura de mordidas com beijos.

Como aguentar essas duas? A bebê, provavelmente acostumada com o que ouve, não pestaneja e abre a boca até demais, aparentando que está consumindo sua vovó com tamanha força!

Ela não desiste e continua agindo com toda a força que tem e fica fazendo os supostos ataques com o rostinho da vovó. De fato é uma coisa muito fofa e até bem engraçada de se ver.

Assista o vídeo que foi compartilhado a seguir e o salve para assisti-los quando estiver se sentindo um pouco para baixo. Pois temos certeza que ele te fará se sentir ainda melhor do que pretende estar!

Uma mordida que só esbanja fofura!

Não podemos negar que vídeos assim possuem um pode enorme de nos alegrar e nos fazer arrancar à força alguns sorrisos. Os bebês são fofinhos demais e suas presepadas sempre nos alegram ainda mais!

Ainda que tenha sido publicado há alguns anos, o que não falta são internautas de todas as partes do mundo para concordar conosco sobre essa garotinha ser verdadeiramente uma gracinha, ainda que esteja tentando morder…

E muitos até brincaram sobre o mesmo questionamento que chegamos a ter e escreveu o seguinte: “A questão é: como mamãe treinou essa fera cruel para obedecer aos comandos?”

Já outro garantiu que: “Ela é pequenina, ela é má, mas o mais importante, ela é a máquina de ataque da vovó. Ela é tão preciosa. Vovó estava pedindo aquele ataque.”

Quando chega então a fazer alguns barulhos durante o seu suposto ataque, entendemos perfeitamente que essa vovó foi tomada pela intensidade dessa fofura em forma de bebê tentando dar mordidinhas sem nem mesmo ter os dentinhos.

De mais uma coisa temos certeza: essas crianças são responsáveis pelas melhores alegrias e melhores momentos que possamos imaginar ter na vida, não concordam conosco?