Síndrome de Peter Pan: quando crescer se torna um medo que te domina completamente

Entenda melhor como age esse tipo de síndrome!

Síndrome de Peter Pan: quando crescer se torna o seu maior medo
publicidade

Quando uma determinada pessoa apresenta comportamentos que não quer amadurecer responsabilidade e compromissos, provavelmente ela pode estar sofrendo de Síndrome de Peter Pan.

Pessoas que sofrem com esse tipo de síndrome chegam à idade adulta sem ter nenhuma responsabilidade, compromisso e seus compromissos devido à idade.

Veja a seguir como algumas situações na vida podem desenvolver a Síndrome de Peter Pan. Conheça também alguns sintomas e como você pode tratar esse tipo de problemas de comportamento.

publicidade

Te interessa?

O que causa Síndrome de Peter Pan?

Na verdade, é bem complicado falar o que exatamente faria uma pessoa querer evitar responsabilidades e compromissos na vida, porém, existem algumas teorias que indicam as causas dessa síndrome.

Síndrome de Peter Pan
Síndrome de Peter Pan: quando crescer se torna o seu maior medo. (Imagens: Unsplash)

Veja a seguir algumas causas que explicam porque muitas pessoas desenvolvem Síndrome de Peter Pan, são elas:

  • Habilidades adultas não ensinadas;
  • Desesperança pelo futuro como adulto;
  • Ansiar pela nostalgia;
  • Uma infância abusiva;
  • Uma infância mimada.
publicidade

É muito importante buscar ajuda profissional para ter um diagnóstico mais preciso relacionado a Síndrome de Peter Pan.

Quais são os sintomas da Síndrome de Peter Pan?

Você consegue identificar os sintomas de uma pessoa com síndrome de Peter Pan? É muito importante saber identificar esse tipo de síndrome para ter um diagnóstico profissional e tratamento adequado quanto antes.

Confira a seguir alguns sintomas da Síndrome de Peter Pan e procure um tratamento clínico especializado se for diagnosticado esse tipo de problema em você ou em alguma pessoa conhecida.

publicidade

1 – Abusar da bebida alcoólica e drogas

Você precisa entender que o alcoolismo não é incomum para adultos que apresentam sintomas de Síndrome de Peter Pan. 

As pessoas que sofrem com esse tipo de síndrome querem uma fuga e que melhor forma de escapar é beber um pouco de álcool ou até mesmo usar drogas. 

Síndrome de Peter Pan

2 – Não passa confiança

Muitas pessoas deixam de fazer alguma coisa de vez em quando, mas uma pessoa com Síndrome de Peter Pan parece sempre não ser confiável por não cumprir com os compromissos.

O fato é que essas pessoas podem prometer fazer algo por você e, quando chegar a hora, não serão encontradas em lugar nenhum, tome cuidado.

publicidade

3 – Não assumir culpa

Uma pessoa com sintomas de Síndrome de Peter Pan pode nunca assumir a culpa por algo que fez por falta de maturidade e responsabilidade

Em vez disso, é culpa de outra pessoa por não ter capacidade de assumir, mesmo que todas as provas apontem para a pessoa com Síndrome de Peter Pan. Conhece alguém assim?

4 – Não deseja melhorar como pessoa

A verdade é que uma pessoa que sofre com sintomas de Síndrome de Peter Pan geralmente não quer melhorar a si mesmo. 

Essas pessoas nunca se corrigem ou desejam crescer como pessoa. Em vez disso, as pessoas com Síndrome de Peter Pan querem ser um adulto irresponsável para sempre.

publicidade

5 – Falta de interesse na carreira

O que muitas pessoas não sabem é que existem poucos empregos em que uma pessoa quer entrar todos os dias e ficar lá por horas, não é mesmo?

Síndrome de Peter Pan

A verdade é que a maioria dos empregos não tem remuneração que satisfaça as pessoas, mesmo assim, elas trabalham porque precisam.

6 – Não conseguir lidar com problemas

Como adultos responsáveis pelos próprios atos e ações, todas as pessoas vão se deparar com situações difíceis na vida, por isso, cada um deve aprender a lidar com elas. 

De argumentos a tensões que põe em risco interações sociais, uma pessoa aprenderá a lidar com cada situação difícil da vida como um adulto sério e maduro.

publicidade

Portanto, uma pessoa que apresenta sintomas de Síndrome de Peter Pan pode achar difícil lidar com essas situações.

7 – Problemas para assumir compromissos

As pessoas com Síndrome de Peter Pan pode apresentar interesses em relacionamentos ou até mesmo em sexo, porém, não por muito tempo.

O fato é que elas podem entrar em relacionamentos casuais com outras pessoas ou até mesmo prometer que vão se comprometer.

Mas a grande questão é que pessoas com Síndrome de Peter Pan terminam com o parceiro após um curto período por falta de vontade em sumir compromisso sério.

publicidade

Como ajudar uma pessoa com Síndrome de Peter Pan?

A verdade é que uma determinada pessoa está programada para ser e ter comportamentos infantis, pode ser bastante dificultoso para ela crescer mentalmente.

No entanto, existem algumas formas para ajudar pessoas com esse tipo de comportamento e mover elas na direção certa e natural. Confira a seguir como fazer isso.

Síndrome de Peter Pan

1 – Não amenize a situação

Se você tem o costume de incentivar a Síndrome de Peter Pan por pena, pare de fazer isso hoje mesmo. 

Não habilite ou alimente a vontade de ser criança, apoiar esse tipo de comportamento só dificultará o processo de tratamento.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

2 – Introduzir conceitos adultos gradualmente

Você pode conduzir isso de várias formas, desde tratar sobre as responsabilidades de um emprego a prioridades de uma vida adulta.

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

As pessoas que sofrem com Síndrome de Peter Pan devem entender que a vida de adulto não é tão complicada e que essa nova fase pode ser ainda melhor.

3 – Remover as distrações

Embora sejam boas com moderação e controle, as distrações podem ser um grande inimigo no processo de recuperação e tratamento da Síndrome de Peter Pan.

As constantes distrações das mídias sociais e jogos eletrônicos podem dispensar o paciente em vez de fazer ele assumir mais responsabilidades.

Terapia pode ajudar pessoas com Síndrome de Peter Pan?

Você sabia que uma das melhores formas de tratar o comportamento de uma pessoa é procurar aconselhamento e ajuda profissional especializada?

Se uma pessoa que você conhece apresenta dificuldades em crescer por causa da Síndrome de Peter Pan, uma boa terapia de casal ou familiar pode ser a solução certa para esse problema.

Síndrome de Peter Pan

A verdade é que esse processo pode demorar um pouco, mas você pode transformar o Peter Pan em um adulto responsável e assumir compromissos.

Por outro lado, se você é uma pessoa que sofre com esse tipo de síndrome, não precisa ficar preso nesse lugar e comece a buscar soluções profissionais para resolver o seu problema de amadurecimento.

Não tenha medo e comece a fazer mudanças necessárias na sua vida para você desenvolver maturidade e crescer como um adulto saudável.

Você simplesmente pode pensar em todas as coisas que você pode realizar e conquistar perdendo o medo de ser um adulto livre e independente.

Você gostou de saber mais sobre como a Síndrome de Peter Pan pode ser perigoso e como identificar e tratar? Então não perca mais tempo e compartilhe com os seus familiares e amigos e aproveite para aprender mais sobre essa síndrome.

Veja mais ›
Fechar