Tudo que você precisa saber sobre o universo paralelo sugerido pela Nasa

Recentemente a notícia de um universo paralelo descoberto pela Nasa começou a circular nas redes. No entanto, reunimos aqui algumas das principais informações sobre essa teoria e ressaltamos que é importante questioná-la.

Photo by John Fowler on Unsplash
publicidade

Já faz uns dias que informações sobre um suposto universo paralelo encontrado pela Nasa vem circulando. Em suma, nessa dimensão alternativa, o tempo corre totalmente diferente do que estamos acostumados. Logo, isso significa que, ao contrário do que vemos na Terra, lá os dias diminuem e não aumentam.

Toda essa teoria surgiu a partir de anomalias que a Antena Impulsiva Transiente Antártica (ANITA) identificou nos neutrinos que passam pelo nosso planeta. Essas pequenas partículas passam pela Terra aos montes e são imperceptíveis.

100 trilhões de neutrinos (a cada segundo)

Só para ilustrar, a Nasa estima que cerca de 100 trilhões de neutrinos passam pelo seu corpo a cada segundo. Contudo, como eles não realizam nenhuma interação com a matéria, não os notamos.

publicidade

No entanto, recentemente, cientistas notaram que, ao invés de fluírem do espaço, neutrinos de alta energia parecem ter vindo de um ângulo estranho, através do interior da Terra. Visto que essa descoberta ainda não possui uma explicação científica plausível, começaram a surgir hipóteses tentando explicar esse processo.

O fascinante tempo invertido

Assim, acabamos nos deparando com pressupostos sugerindo novas possibilidades científicas como a existência de um universo paralelo, onde o tempo é invertido. Portanto, apesar de muitas notícias apontarem essa outra realidade como uma verdade, é importante ressaltar que ainda não existem evidências concretas capazes de comprovar tais argumentos.

Segundo Ron Ekers, membro honorário da Agência Nacional de Ciência da Austrália, “os eventos incomuns registrados pela ANITA são conhecidos e discutidos desde 2016”. Todavia, após quatro anos, não houve nenhuma explicação satisfatória dos eventos anômalos observados, de modo que isso acabou se tornando uma frustração para os envolvidos.

publicidade

Considerando a infinitude universal, os pesquisadores não descartam essa possibilidade, por mais que a mesma pareça ter saído de uma obra de ficção-científica. Contudo, reforçamos que é preciso conferir com cautela as informações divulgadas.

A teoria dos dois universos originados pelo Big Bang

Photo by Greg Rakozy on Unsplash

De acordo com o New York Post, Peter Goham, um físico da Universidade do Havaí, sugeriu que a única explicação para esse comportamento dos neutrinos envolve sua transformação em um tipo diferente de partícula antes de sua passagem pela Terra e depois retornar ao seu estado original.

Embora nem todos os envolvidos na pequisa estejam de acordo com essa teoria, a explicação mais simples para esse fenômeno envolve a criação de dois universosdurante o Big Bang. Enquanto, de um lado, temos nosso universo, do outro, existe uma outra realidade correndo no sentindo reverso.

Que loucura, né? E então, o que você acha disso tudo? Compartilhe sua opinião com a gente.

publicidade

Fontes: Mundo Conectado Olhar Digital