Mãe procura filho em silêncio e o encontra em banho com gato

Tem babá melhor que essa?

Mãe procura o filho em silêncio e o encontra em banho com gato
Mãe procura o filho em silêncio e o encontra em banho com gato

Ser mãe é ter um alerta automático de reconhecer que o silêncio pode ser semelhança bem fiel com muita trela. E até que não é mãe sabe bem disso, se a criança está muito quieta, alguma coisa está fazendo!

E foi exatamente o que aconteceu com essa mãe, quando percebeu que o seu pequeno filho já estava sem fazer nenhum barulho dentro da casa durante um bom tempo.

Determinada a conferir o que ele estava fazendo, na esperança de que ele estivesse brincando e evitar qualquer problema que ele pudesse ter se metido, ela foi encontrá-lo na sala de casa.

Te interessa?

Como uma boa mãe, temos certeza de que ela esperou encontrá-lo de diversas formas. Por conhecer seu filho, poderia até imaginar o que ele estava fazendo naquele momento discreto.

Mas ao vê-lo na sala de casa, de uma coisa temos certeza, ele estava fazendo a última coisa que esperava ver e concordamos que a última coisa a esperar do gato também.

Sendo o cúmplice do silêncio que tomou conta de casa – e porque não dizer do desespero dessa mãe, não é? -, o gato estava em uma sessão de limpeza com o menino e estava lhe dando banho banho como se fosse seu filhote.

O momento mais inusitado!

Tem dupla mais linda que esta? Porque estamos apaixonados! A cena toda foi completamente inusitada, isso reconhecemos. Mas ao mesmo tempo, acabou esbanjando muita fofura e beleza.

Não sabemos identificar qual é a melhor coisa do vídeo: se é o gato agindo naturalmente enquanto lambe a cabeça do menino, ou o próprio menino, que dá um sorriso como se estivesse amando tudo aquilo.

Por via das dúvidas, preferimos não optar. Assista o vídeo a seguir e determine você mesmo a melhor parte desse momento!

 E quem disse que os gatos não podem ser os melhores amigos de suas crianças?

Não é a primeira vez que vemos um gato se mostrando interagir de forma doce com uma criança sozinho. Cenas assim é mais comum serem vistas com cachorros, isso não podemos negar.

Sendo taxados por serem mais independentes, os gatos acabam ficando no segundo lugar quando se trata de companheiro de crianças. Porém, a cada dia que passa esse estigma acaba.

Nos deparamos com gatos brincando, fazendo massagens em bebês, quietos bem por perto e até protegendo os filhos dos seus humanos de algum suposto perigo.

E garantimos, os gatíneos que estão em nossas vidas estão sempre nos surpreendendo e mostrando que são tão sociáveis como muitos cachorros que vemos por aí.

Havendo dúvidas sobre quem cuidará mais do seu filho, adote os dois. Será a sua melhor escolha!

Veja mais ›
Fechar