Mulher se apaixona por gatinha e sua fofura se destaca sobre deficiência e estrabismo

Não há barreiras que resistam quando se ama!

Mulher se apaixona por gatinha e sua fofura se destaca sobre deficiência e estrabismo
Mulher se apaixona por gatinha e sua fofura se destaca sobre deficiência e estrabismo

Adotar um pet um gesto que todo mundo deveria fazer diversas vezes em sua vida. Se tiver condições, em risos falamos: adote quantas vezes puder!

Isso porque quando abrimos as nossas vidas para um animal que não tinha onde morar, nós não só transformamos a vida deles, mas também a nossa.

E com certeza isso aconteceu com a família da Michelle, que adotou a Olive, uma gatinha de olhos vesgos que foi encontrada bem pequena e completamente coberta com seiva. Contando sobre esse resgate, eles detalham:

“Ela era tão pequena (2 libras) que pensávamos que ela tinha 8 semanas de idade. Descobri que ela estava com 5 meses, muito doente e coberta de seiva de árvore. Felizmente ela melhorou e conseguiu voltar para casa, mas ainda é muito pequena. Ela é uma bola de diversão e eu não poderia imaginar a vida sem ela!”

Michelle acompanhou de perto o resgate que uma equipe fez em Long Island. Ela viu quando a sua futura gatinha tentava escapar por ter medo.

Quando então conseguiu receber cuidados, alguns dias após o ocorrido ela procurou saber sobre como andava a saúde daquela gatinha que tinha visto.

Disse mais: “Fui visitá-la e imediatamente soube que a queria. Visitei-a várias vezes por semana até que ela estava saudável o suficiente para voltar para casa comigo. Eu sou tão grato por Barbara e Quase Casa, eles salvaram sua vida!”

Quem te um pet sabe, quando o amor é certo, não há nada que nos faça desistir dessa adoção, não é mesmo? Mesmo sabendo da condição que a Olive teria, isso não foi barreira para impedir que ela ganhasse um lar e um coração cheio de amor.

A grande mudança que a gatinha chegou a ter depois da adoção

Ainda que se apresentasse ser um pouco tímida, aos poucos Michelle foi percebendo que de fato essa era uma das características que a Olive possuía, ser quietinha!

Brincalhona, logo que foi ganhando confiança com o seu novo lar, a gata de olhinhos vesgos se tornou a coisa mais preciosa para essa família, principalmente quando descobriram que precisavam de cuidados extras.

“Olive tem alguns problemas neurológicos, infelizmente. Ela às vezes tem episódios parecidos com convulsões, mas graças ao CBD e alguns outros medicamentos, temos sido capazes de lidar com isso ao longo de sua vida. Nem sempre é fácil, mas ela é uma garota muito durona”, conta Michelle.

Mas nada mudou! Pelo contrário, Olive foi crescendo e crescendo, recebendo amor e carinho, se tornou uma das coisas mais irresistíveis dessa família.

Mulher se apaixona por gatinha e sua fofura se destaca sobre deficiência e estrabismo
Mulher se apaixona por gatinha e sua fofura se destaca sobre deficiência e estrabismo

Como sempre costuma a falar sobre o pequeno detalhe da gatinha: “Só porque Olive e outros animais são ‘deficientes’ não significa que eles merecem menos amor”.

Fonte: Bored Panda

publicidade