12 atitudes que te fazem ter EMPATIA e amor pelas pessoas

Aprenda a ser uma pessoa compreensiva para ajudar mais as outras!

12 atitudes que te fazem ter EMPATIA e amor pelas pessoas
12 atitudes que te fazem ter EMPATIA e amor pelas pessoas

Com a atual pandemia do novo coronavírus em todo canto do mundo, ocorreram muitas mudanças e interrupções em quase todos os aspectos da vida diária de milhares de pessoas. 

Para muitos dessas pessoas, mudar é extramente difícil e com o estresse adicional da economia, quer você tenha um emprego ou não, consiga colocar comida na mesa e evitar que você ou outras pessoas fiquem doentes, você pode estar se sentindo oprimido pela ansiedade e pelo estresse.

Em todo esse cenário, onde fica a empatia das pessoas em relação ao mundo atual? A verdade é que pensar no desconhecido e no que acontece a seguir também pode afetar sua saúde mental.

Como a empatia impacta a vida das pessoas?

Você sabia que uma forma de combater o desconhecido nesses dias difíceis é mostrar empatia para com os outros? Você já pensou como a empatia pode impactar a vida de pessoas em momentos de dificuldades?

Há vários os benefícios em ter empatia pelas outras pessoas que podem ajudar a se sentir menos sozinho e mais conectado com seus entes queridos, amigos e sua comunidade.

Em tempos de incerteza, a empatia permite as pessoas estenderem a mão e ajudar outras que mais precisam. Foi pensando nisso que selecionamos 12 atitudes que te farão você ter mais empatia na vida. Confira!

ter-mais-empatia

12 atitudes para fazer você ter empatia e amor

Confira a seguir alguns comportamentos e hábitos que farão você ter mais empatia pelas pessoas nesses momentos de dificuldades. Entenda como auxiliar e ajudar de verdade uma pessoa pode mudar o mundo.

1 – Ajudar as pessoas a controlar os sentimentos

Você já pensou em ajudar uma pessoa a desenvolver o autocontrole e a administrar os sentimentos de maneira eficaz?

Muitas vezes, quando as pessoas não expressam a empatia, não é porque elas não a têm, mas sim porque algum sentimento ou imagem está bloqueando a empatia. 

Frequentemente, a capacidade de cuidar dos outros é superada, por exemplo, pela:

  • Raiva;
  • Vergonha;
  • Inveja;
  • Outros sentimentos negativos. 

Por isso, ajudar as pessoas a lidarem com esses sentimentos negativos, bem como estereótipos e preconceitos sobre os outros é muitas vezes o que libera a empatia.

16 características que só as pessoas EMPÁTICAS possuem

ter-mais-empatia

2 – Fazer as pessoas enxergarem o problema e resolver

A verdade é que nós costumamos falar sobre empatia como uma quantidade de coisas realizadas. Por exemplo, nós falamos de pessoas como tendo muita ou pouca empatia, ou totalmente sem empatia. 

No entanto, a questão geralmente não é se as pessoas podem ter empatia ou quanta empatia elas têm. 

É por quem eles têm empatia. Para a maioria de nós, não é difícil ter empatia por nossos familiares e amigos íntimos. Por isso, é importante fazer as pessoas enxergarem onde estão errando para assim poder ajudar dando a solução.

Aprenda a fazer o bem em SILÊNCIO e ganhe isto!

3 – Oferecer oportunidades

As pessoas nascem com a capacidade de empatia, a verdade é essa. Porém, elas precisam ser nutridas por toda a vida. 

Aprender empatia é, em certos aspectos, como aprender uma língua ou um esporte. Requer prática e orientação. Por isso, a dar a oportunidade para isso é muito importante.

4 – Fazer as pessoas priorizarem as expectativas éticas

Para que as pessoas valorizem as perspectivas dos outros e mostrem compaixão por eles, é muito importante que ouçam outras pessoas que cuidam dos outros é uma prioridade e é tão importante quanto sua própria felicidade. 

ter-mais-empatia

5 – Ter exemplos de empatia

As pessoas aprendem empatia observando outras e experimentando a empatia por elas. Quando sentimos empatia por nossos amigos, familiares e desconhecidos, eles desenvolvem vínculos seguros e de confiança conosco. 

6 – Cultivar a curiosidade sobre pessoas desconhecidas

A verdade é que as pessoas altamente empáticas têm uma curiosidade insaciável por estranhos e pessoas desconhecidas.

Elas vão falar com a pessoa sentada ao lado deles no ônibus, tendo conservado aquela curiosidade natural que todos nós tínhamos quando crianças – mas que a sociedade é tão boa em tirar de nós. 

Estar DEPRIMIDO é diferente de ter DEPRESSÃO (e você precisa respeitar)

7 – Desafiar preconceitos e descobrir semelhanças

O fato é que todos nós temos suposições sobre os outros e usamos rótulos coletivos. Pessoas com empatia não têm medo de demonstrar o que sente e pensa sobre as outras – independente de como a pessoa vive.

É essencial você entender oque o outro está passando para poder ajudar da melhor forma possível.

8 – Ouvir os problemas das pessoas com atenção e zelo

Não importa o que a outra pessoa passou para chegar onde está, o que importa de verdade é você saber ouvir essa pessoa e entender o que está acontecendo.

É muito importante saber ouvir os problemas dos outros para entender o que você pode fazer para ajudar. A última coisa que uma pessoa que busca ajudar quer é ser julgada.

ter-mais-empatia

9 – Inspirar ações em massa e mudar a sociedade

Normalmente nós assumimos que a empatia acontece no nível de outras pessoas, mas as pessoas de bem entendem que a empatia também pode ser um fenômeno de massa que traz mudanças sociais fundamentais.

Não tenha medo de demonstrar os seus sentimentos em relação a ajudar e ter compaixão pela situação de outras pessoas.

10 – Desenvolver uma imaginação ambiciosa

Uma característica final das pessoas com empatia é que elas fazem muito mais do que simpatizar com os suspeitos usuais. 

A verdade é que nós temos a tendência de acreditar que a empatia deve ser reservada para aqueles que vivem nas margens sociais ou que estão sofrendo. Isso é necessário, mas dificilmente é o suficiente. O que você acha?

Esse texto de Ayrton Senna te fará ter mais AMOR PRÓPRIO

11 – Ser uma pessoa mais atenciosa

Às vezes nós somos rápidos em criticar as outras pessoas sem saber as suas circunstâncias ou compreender sua situação que pode afetar suas escolhas. 

Embora uma pessoa não possa controlar como os outros se comportam, ela pode controlar suas próprias ações compartilhando apenas os fatos de fontes confiáveis

12 – Ajudar as pessoas a fazerem o bem

Quando o mundo parecer um lugar imprevisível, encontre formas  tangíveis de fazer o bem e tornar as coisas melhores para os outros. Isso pode proporcionar conforto e uma sensação de controle e autonomia na vida das pessoas.

Você gostou de saber como essas atitudes podam fazer uma pessoa ter empatia pelo próximo? Então não perca mais tempo e compartilhe com os seus amigos e familiares. Aproveite!