Seu peso aumentou na pandemia? Essa é a solução para NÃO ENGORDAR ficando em casa!

Saiba como você pode parar de ter transtornos alimentares e parar de comer além da conta nessa pandemia.

Seu peso aumentou na pandemia? Essa é a solução para NÃO ENGORDAR ficando em casa!
Seu peso aumentou na pandemia? Essa é a solução para NÃO ENGORDAR ficando em casa!
publicidade

Abusar da comida para acalmar os nervos e a ansiedade é usada por muitas pessoas nessa pandemia.

Algumas pessoas usam essa desculpa de comer muito como estratégia de enfrentar esses tempos ruins de estresse em casa.

Com todas essas mudanças que o novo coronavírus trouxe para a vida das pessoas, muitas delas ainda estão em casa limitadas a poucas opções de controle de ansiedade.

publicidade

Te interessa?

Por isso, não é de se admirar que muitas pessoas estão olhando para a comida como finto de conforto ou até mesmo de recompensa por tudo que está sofrendo na quarentena.

transtorno-alimentar

Infelizmente essa estratégia de enfrentamento de isolamento social para tentar acalmar os nervos pode estar colocando muitas vidas em risco.

Pensando nisso, preparamos um guia para ajudar você e outras pessoas a evitar o transtorno alimentar durante esse período do “fique em casa”. Confira!

O problema do transtorno alimentar na pandemia

Quando utilizados de forma moderada e sem exageros, os alimentos podem nos fazer lembrar de sentimentos e conexão com outras pessoas.

publicidade

As refeições diárias podem servir de solução temporária de conforto em ambientes de isolamento, isso quando feita do jeito certo.

Por outro lado, com todos os estresses relacionados à pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas estão usando da comida para amenizar esses sentimentos ruins.

Em isolamento social em suas casas, muitas pessoas estão acumulando sentimentos ruins, como ansiedade e estresses.

publicidade

transtorno-alimentar

Com isso, infelizmente, muitas dessas pessoas acabam descontando na comida, assim desenvolvendo transtornos alimentares graves.

Toda essa dependência de comida, juntamente com a perda de controle, pode levar a mudanças no sistema de recompensa do cérebro da pessoa, como também o aumento de peso.

Você engordou nesta pandemia?

Quando uma pessoa passa tempo demais com transtorno alimentar, isso pode alterar as vias de opióides e dopamina do nosso cérebro.

publicidade

Esses dois sistemas cerebrais regulam como os seres humanos respondem à recompensa.

Com essa mudança, o nosso cérebro pode acabar desenvolvendo padrões que tornam desagradáveis as abstinências de comida.

Isso acaba levando você a buscar algum tipo de alívio causada pela compulsão alimentar.

O bom disso é que você pode quebrar esse ciclo de sempre comer quando se sentir desconfortável e estressado ou com ansiedade.

publicidade

transtorno-alimentar

Claro que você não vai parar de comer, mas é sempre bom usar como estratégia para não engordar nessa pandemia se alimentar prestando atenção e sempre preferindo alimentos saudáveis.

Como evitar a compulsão alimentar na pandemia?

Um estudo realizado em uma universidade na Inglaterra descobriu que a atenção plena (Mindfulness) ajuda bastante nas escolhas positivas quando se sente fome.

As pessoas que fizeram parte da pesquisa realizada pela universidade da Inglaterra preencheram um questionário sobre os seus motivos em consumir alimentos.

publicidade

Alimentos esses, como muffins, biscoitos e chocolate. As alternativas do questionário foram:

Quais os seus motivos em consumir alimentos?

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

  • Como uma atividade social normal.
  • Como um mecanismo de enfrentar algo.
  • Como uma recompensa.
  • Como pressão de outras pessoas.

As pessoas que participaram da pesquisa também responderam perguntas sobre comportamento alimentar, autocompaixão e atenção plena.

publicidade

transtorno-alimentar

Como evitar o transtorno alimentar com Mindfulness?

As pessoas que usam da atenção plena para ter consciência do momento presente, como por exemplo a autocompaixão, têm menos vontade de comer quando não sentem fome.

Essa prática é uma ótima ferramenta para quem sofre de algum tipo de ansiedade ou estresse e não para de comer.

A atenção plena também pode ajudar você a incorporar mais moderação e hábitos em relação a comida.

Assim como aprender a controlar os gatilhos que não são baseados na fome real e responder a sinais físicos da fome e saciedade.

Com essas habilidades você vai aprender a parar de comer tanto quando sentir algum desequilíbrio emocional. Isso é ótimo, não é mesmo?

Como parar de comer tanto na pandemia?

Você está com esse problema enquanto enfrenta a pandemia? Confira a seguir o que você pode fazer para parar de comer tanto.

Com as dicas listadas abaixo e a prática da atenção plena, você vai parar de uma vez por todas com as compulsões alimentares. Aproveite!

transtorno-alimentar

1 – Exercite sua autocompaixão

Você precisa se tratar como um bom amigo, sendo gentil e paciente com o processo. Comece com pequenos hábitos comportamentais e mentais.

Utilize a respiração suave para que o seu corpo pratique um diálogo interno, aproveite esse momento para expressar amigavelmente tons de voz gentis.

Além disso, não se julgue severamente porque está gordo demais na pandemia, porque só fica em casa comendo.

Cometer erros ou ter sentimentos ruins faz parte de cada um de nós. 

Lembre-se de que as outras pessoas também passam e estão passando pelas mesmas dificuldades.

Se bater a vontade de comer sem parar, perdoe-se, cuide-se, volte a adotar comportamentos alimentares mais saudáveis.

Ter autocompaixão é confiar no processo de que você vai sair dessa e voltar a ter uma vida mais saudável e com menos transtornos mentais e de comportamento.

2 – Preste atenção nos seus sentimentos e desejos

No momento em que você estiver preparando uma comida, verifique se sua vontade por comida é motivada por necessidade ou emoções.

transtorno-alimentar

Sinta-se, fique curioso sobre o que está acontecendo no seu corpo, analise o que os seus desejos, anseios, pensamentos e sentimentos querem dizer.

Além disso, comece a prestar atenção nos sinais de fome que aparecerão no seu corpo, como:

  • Vazio no estômago;
  • Dor de cabeça;
  • Falta de energia e indisposição;
  • Impaciência.

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Independente do que você vá sentir, sinta e observe sem julgamentos, aceite que você possa está sofrendo de transtorno alimentar e se trate.

3 – Pratique o autocuidado

Mesmo que você tenha a motivação para parar de comer compulsivamente nessa pandemia, você precisa ter o autocuidado.

Você precisa ter mais opções e estratégias para se cuidar e reduzir os riscos de desenvolver mais o seu distúrbio alimentar.

É tendo mais autocuidado com os seus atos e escolhas que você vai conseguir parar de comer tanto.

transtorno-alimentar

4 – Tenha consciência da sua fome

 

Se você começar a aceitar que sentir o desejo por comer sem parar pode ser controlado, você vai melhorar o muito o processo de cura do transtorno.

Por isso, é importante você começar a perceber quando sua fome é por necessidade e não por impulso oriundos de algum transtorno emocional.

Você gostou de saber mais sobre como parar de comer tanto nessa pandemia? Então compartilhe com alguém que também precisa dessa ajuda. Aproveite!

Veja mais ›
Fechar