Dieta Low Carb: a dieta que consegue te fazer ter uma vida plenamente saudável

Escolha ser melhor e mais saudável.

Dieta Low Carb: saiba o que é e por onde começar!
publicidade

Para quem busca perder peso e ter uma vida mais saudável, a primeira coisa é a se fazer é procurar uma dieta para seguir.

Algumas dietas têm o objetivo de auxiliar a pessoa na redução de ingestão de carboidratos, e o que tem ganhado muita fama nesses últimos anos é a dieta Low Carb

Ela é uma versão mais leve da dieta cetogênica, fazendo com que a pessoa consuma menos gordura e a substitua por nutriente.

publicidade

Te interessa?

Low Carb é uma dieta que reduz o consumo de carboidratos nas refeições, podendo ingerir por dia menos de 130g deste macronutriente, dependendo de pessoa para pessoa.

Uma vez que esta fração de carboidratos representa apenas vinte e seis por cento da energia necessária para o organismo, o restante deve ser equilibrado pelo consumo de proteínas e gorduras boas.

dieta-low-carb
Dieta Low Carb: a dieta que consegue te fazer ter uma vida plenamente saudável (Imagens: Unsplash)

Como deve ser feito essa dieta Low Carb

Antes de começar essa dieta, é importante você saiba que há restrições alimentares e que crucial que siga todo os dias para que seu corpo se acostume com a mudança.

publicidade

Para a realização da dieta Low Carb, você deve retirar os carboidratos simples da sua alimentação, como:

  • Açúcar;
  • Farinha refinada;
  • Refrigerante;
  • Doces de todos os tipos.

Importante ressaltar, que dependendo da quantidade de gordura que você quer perder, será necessário restringir outros tipos de carboidratos mais complexos, como:

publicidade
  • Pão;
  • Aveia;
  • Arroz;
  • Macarrão.

 

Pois a quantidade de carboidrato que deve ser eliminado da dieta varia muito de acordo com o metabolismo de cada pessoa.

Levando em conta a alimentação “normal” que fazemos todos os dias, geralmente é alta em quantidade de carboidratos. Devido a isso que a dieta Low Carb deve ser feita de forma progressiva. 

publicidade

É importante manter a calma no início para que o organismo se acostume e cause efeitos colaterais. Dores de cabeça, tonturas ou alteração no humor podem ser alguns dos sintomas de quem não faz a dieta certa.

Também é essencial durante a dieta você fazer algumas refeições ao longo do dia para diminuir a sensação de fome. Você pode fazer o seguinte:

  • Três refeições principais;
  • Dois lanches pequenos.

Nas refeições principais, como café da manhã, almoço e jantar, você pode comer legumes, proteínas e azeite, podendo ter um pouco de carboidrato. Para os dois lanches você pode usar ovos, queijo, abacate ou castanhas.

publicidade

Os 6 benefícios da dieta Low Carb para a saúde

1 – Maior saciedade

Seguindo bem as recomendações e as divisões das refeições durante a dieta, proporcionará para seu corpo o aumento de proteínas e gorduras, assim afastando a fome por mais tempo.

2 – Prevenção de problemas cardiovascular

A dieta faz com que seu corpo regule o controle dos níveis de colesterol e triglicerídeos. Faz também aumentar o colesterol bom HDL, reduzindo assim os riscos de doenças no coração.

3 – Controlar o nível de açúcar no sangue

Ótimo para ajudar no controle da diabetes e regular os níveis de açúcar no sangue.

dieta-low-carb

4 – Melhoramento do sistema digestório

O baixo consumo de carboidratos irá melhorar o funcionamento do intestino, devido a dieta conter mais alimentos ricos em fibras.

publicidade

5 – Perda de peso

A dieta Low Carb fortalece na perda de peso, já que os alimentos possuem muitas fibras, assim controlando a glicemia.

6 – Eliminação do excesso de líquido no corpo

A restrição de carboidrato no corpo combate a retenção de líquido, devido o estímulo da produção de urina, assim eliminando o excesso de líquido no corpo.

O que posso comer na dieta Low Carb?

É importante antes de começar essa dieta você procurar uma orientação de um nutricionista, assim todo o processo será mais eficiente e seguro.

Por que a importância de um nutricionista para a dieta?

publicidade

Simples! Devido o cálculo de carboidrato que varia de acordo com as necessidades de cada paciente. Não importa a dieta, você precisa ser acompanhado por um especialista.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Dieta Low Carb: a dieta que consegue te fazer ter uma vida plenamente saudável

Só assim, o nutricionista ajudará você a saber a quantidade de carboidratos nos alimentos, evitando ultrapassar o limite diário estabelecido. Essa é a forma saudável  correta.

Saiba quais alimentos são permitidos na dieta Low Carb

  • Café e Chá sem açúcar;
  • Sementes, como chia, linhaça e gergelim;
  • Nozes, amêndoas, castanhas e avelãs;
  • Azeite e óleo de coco;
  • Peixes, como salmão, atum, truta e sardinhas;
  • Carne, frango e peru;
  • Frutas e legumes.

No caso do consumo do queijo, iogurte e leite, é importante saber controlar as quantidades. E é importante também acompanhar a dieta durante o dia com dois a três litros de água. 

O que NÃO posso comer na dieta Low Carb?

Durante a dieta é importante evitar qualquer tipo de alimento que possua quantidade alta de carboidratos. Pode ser um pouco difícil no começo, mas você vai se sentindo melhor.

Por isso é importante consultar sempre os rótulos dos alimentos antes de comprar ou consumir, assim prevenindo sair da dieta.

Dieta Low Carb: a dieta que consegue te fazer ter uma vida plenamente saudável

No entanto, alguns alimentos devem ser evitado, como:

  • Arroz branco, macarrão branco;
  • Farofa, tapioca e cuscuz;
  • Presunto, peito de peru e salsicha;
  • Linguiça, salame, mortadela e bacon;
  • Batata frita, comida pronta congelada e margarina;
  • Trigo, cevada e centeio;
  • Pão, biscoitos, salgados e torradas;
  • Refrigerantes e sucos industrializados;
  • Adoçantes e doces;
  • Bolos e sorvetes.

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

E para fechar, uma dica importante é evitar todo tipo de produtos industrializados, pois esses alimentos contêm uma elevada concentração de carboidratos. 

Prefira produtos naturais e vegetais frescos para complementar sua dieta. Mas como chegamos a falar mais acima: comece aos poucos.

E sempre procure ajuda médica

Todas as mudanças que escolhemos fazer são difíceis. Mais para alguns e menos para outros. Só que sempre é assim e precisamos entender que é para o bem da nossa saúde.

Procure estar sempre sendo acompanhado por um médico que seja especialista. Aos poucos, com a mudança da alimentação e exercícios, sua vida seguirá plenamente saudável.

***

Esperamos que esse artigo possa lhe ajudar a ter uma vida melhor e mais forte. Aliás, o avanço que você tem é o nosso sucesso.

Veja mais ›
Fechar